07/05/2020 às 08h54min - Atualizada em 07/05/2020 às 08h54min

Fiscalização no comércio de Uberlândia será intensificada a partir de hoje

Prefeito Odelmo Leão divulgou novas medidas em razão da pandemia em live na noite desta quarta (6); uso de máscaras no transporte público será obrigatório

DA REDAÇÃO

Com o aumento no número de casos do novo coronavírus em Uberlândia, o prefeito Odelmo Leão afirmou que vai endurecer a fiscalização no comércio para observar o cumprimento das medidas de biossegurança a partir de hoje (7). Essa e outras ações foram divulgadas em live nas redes sociais na noite desta quarta-feira (6).

O endurecimento da fiscalização contará com o apoio de agentes fiscais do Município, polícias Civil e Militar, além do Ministério Público (Procon Estadual). Uma reunião com a força-tarefa ocorre hoje para alinhamento das ações. “Vou começar a tomar mais medidas enérgicas. Estamos fazendo o que é possível ser feito. Quem puder ficar em casa, fique. Quem precisar sair, use máscara”, disse Leão.

Em grupos de WhatsApp, os lojistas da cidade já se alertam para se preparar para as fiscalizações mais intensas após o pronunciamento do prefeito. 

Segundo o prefeito, o objetivo da iniciativa é evitar a proliferação do vírus no município. No boletim divulgado ontem, foram 17 novos casos confirmados pela enfermidade na cidade. Com isso, Uberlândia tem 225 pessoas contaminadas pelo coronavírus, com 11 óbitos confirmados, registrados nos bairros Cidade Jardim, Centro, Jaraguá, Maravilha, Morumbi, Pacaembu, Pequis, Planalto, Santa Rosa, Vigilato Pereira e na zona rural.

Além disso, em 24 horas, houve aumento de 131 casos suspeitos, chegando a mais de 4,4 mil desde o início da pandemia.

Uso obrigatório de máscaras nos ônibus
Entre as medidas anunciadas por Leão na transmissão ao vivo está a obrigatoriedade do uso de máscaras dentro dos ônibus do transporte público. A portaria determinando o uso do equipamento de proteção foi publicada em edição especial do Diário Oficial do Município (DOM) ainda nesta quarta e passa a valer a partir de sábado (9).

Ainda nesta quinta, ocorrerá uma reunião entre o Ministério Público Estadual (MPE), as concessionárias de ônibus e o secretário de trânsito e transporte para reavaliação das medidas solicitadas para o setor como, por exemplo, a retomada imediata de toda a frota.

Mais leitos
Com o crescimento dos casos na cidade, o prefeito Odelmo Leão determinou ainda a abertura de 10 novos leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTIs) do Hospital Santa Catarina, anexo ao Hospital Municipal. Odelmo disse que cerca de 93% dos leitos da rede municipal estão ocupados, em virtude da Covid e outras enfermidades, e por isso há necessidade de se aumentar a capacidade de ocupação para atender aos pacientes.















 

Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »