15/04/2020 às 07h45min - Atualizada em 15/04/2020 às 07h45min

Alunos da UFU esclarecem dúvidas sobre auxílio financeiro emergencial

Orientações são feitas por estudantes do curso de Ciências Sociais por e-mail e redes sociais

DA REDAÇÃO

Estudantes do curso de Ciências Sociais da Universidade Federal de Uberlândia (UFU) elaboraram um material informativo para tirar dúvidas da população sobre o auxílio financeiro emergencial do Governo Federal, disponibilizado para amenizar a crise econômica provocada pela pandemia do novo coronavírus.

A divulgação do material será feita nas redes sociais, em associações de bairro, Organizações Não Governamentais (ONGs), movimentos sociais, coletivos e entidades próximas aos setores populares que podem precisar de orientações. "Estamos conscientes que a universidade tem muito a contribuir neste conjuntura que urge por ciência e conhecimento crítico. As Ciências Sociais têm um conhecimento acumulado sobre situações de crise, de transformação social, de aumento da desigualdade e vulnerabilidade social", disse Patrícia Trópia, professora do curso na universidade.

Segundo Patrícia, o fato da área estudar a pobreza e a desigualdade fez com que os estudantes assumissem um papel informativo e mais ativo de orientação da população sobre o auxílio. Os alunos integram o Programa de Educação Tutorial (PET) e serão os responsáveis pela produção das informações e por responder as dúvidas que chegarem até eles.

Ainda de acordo com a docente, o valor disponibilizado pelo Governo é absolutamente necessário para manter a sobrevivência mínima das famílias e mantê-las em isolamento. "É necessário informar à população sobre os riscos e, repito, o imperativo do isolamento social horizontal. Não há outra alternativa", argumentou.

As dúvidas sobre o auxílio financeiro emergencial podem ser dirigidas ao grupo PET Ciências Sociais pelo Instagram, Facebook e pelo e-mail [email protected] As dúvidas também podem ser esclarecidas por telefone, no 111, divulgado pela Caixa Econômica Federal, responsável pelos pagamentos.














 

Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »