12/03/2020 às 12h42min - Atualizada em 12/03/2020 às 12h42min

Anatel faz hoje audiência pública para discutir leilão de 5G

Consulta para contribuições ao edital fica aberta até o dia 2 de abril

AGÊNCIA BRASIL
A Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) realiza hoje (12) audiência pública para tratar do leilão da banda larga 5G. A agência aprovou em fevereiro a versão preliminar do edital e a previsão é que o certame ocorra em novembro. O leilão deve movimentar R$ 20 bilhões entre aquisição das licenças e preço, que será fixado na versão final do edital.

A audiência faz parte de consulta pública realizada pela Anatel que ficará aberta a contribuições da sociedade até 2 de abril de 2020. Ela apresenta, entre outros documentos, a proposta do Edital de Licitação do 5G.

O leilão é considerado o maior da história da Anatel e vai ofertar 3,7 gigahertz (GHz) em capacidade adicional de radiofrequência dedicada à transmissão de dados por dispositivos móveis. As licenças são para operar o serviço de 5G nas faixas das frequências de 700 MHz, 2,3 GHz, 3,5 GHz e 26 GHz.

A inclusão da faixa de mais 100 MHz na faixa de 3,5 GHz, principal faixa para o desenvolvimento do 5G foi confirmada pela área técnica da Anatel ainda em fevereiro. Segundo a agência, com a inclusão será possível atender de maneira mais abrangente as demandas que foram apresentadas, destacando-se as das Prestadoras de Pequeno Porte (PPP), que poderão fazer parte do desenvolvimento dessa nova tecnologia.

Entre as obrigações para participar do leilão estão o investimento na expansão de redes e o custo de instalação de filtro para proteger o sinal de antenas parabólicas de interferências.














 
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »