21/02/2020 às 17h10min - Atualizada em 21/02/2020 às 17h10min

Número de feriados em 2020 impacta turismo e comércio de Uberlândia

O maior número de feriados permite que mais pessoas visitem a cidade

PUBLIEDITORIAL
O ano de 2020 foi presenteado com muitos feriados prolongados. Essa situação é motivo de felicidade para quem gosta de viajar, já que haverá mais tempo para desbravar cidades do país. No entanto, o comércio não vivencia o mesmo impacto positivo.
 
Na cidade de Uberlândia é esperado um aumento de cerca de 40% no número de turistas que a visitam durante os feriados. Tanto que, quem tem planos de conhecer essa região brasileira, já pode consultar os valores da passagem na Viação Real.

O ano da viagem
O número de feriados presentes no calendário deu um ânimo a mais para o setor hoteleiro e de turismo. Assim como se espera que mais pessoas venham conhecer Uberlândia — e desfrutem dos serviços de hospedagem —, a população da cidade também deve aproveitar para viajar.
 
Agências de viagem da região já consideram que existirá um aumento nas vendas de pacotes de viagem, especialmente dos prolongados.
 
No entanto, “o ano da viagem” exige a atenção inclusive desses setores que serão tão beneficiados. É a famosa lei da oferta e da demanda. Se há um aumento na procura por hospedagem e passagens, é possível que ocorra um aumento do preço dos serviços.
 
Assim, se não houver cuidado, o tão esperado aumento nas vendas de pacotes de viagem pode acabar não acontecendo. Por mais que existam os feriados prolongados, a população ainda está cautelosa com relação à ideia de gastar mais.
 
Então, por mais tentadora que seja a oferta de viajar e relaxar, passagens e hospedagem mais caras podem afastar os turistas.

Ofertas e promoções
Planejamento será a palavra-chave tanto do turista quanto das empresas que trabalham nesse setor. Trazer ofertas e promoções atrativas, que compensam a viagem é uma forma de conquistar o público.
 
Além disso, Uberlândia também sabe que, mesmo com os grandes feriados, haverá uma preferência pelas viagens nacionais. Isso porque o dólar está alto. Então, uma viagem internacional acaba gerando mais custos.
 
Se hotéis, pousadas e as próprias empresas de transporte souberem aproveitar bem as vantagens dos feriados, com promoções e ofertas para compra ou reserva antecipada, a tendência é que observem um aumento no número de turistas.

Comércio se preocupa com o número de feriados
Enquanto o setor de turismo e hotelaria comemora o número de feriados, o comércio de Uberlândia já começa a se preocupar. Isso porque terá que fazer uma escolha: se manter aberto, para atender os turistas e pagar horas extras para os funcionários, ou fechar nos feriados e não aproveitar o movimento.
 
Se forem considerados apenas os moradores da cidade, a ideia de abrir as lojas nos feriados, mesmo aquelas que estão em grandes shoppings, pode não ser tão vantajosa — inclusive pelo fato de horário diferenciado e horas extras.
 
No entanto, mesmo com essa preocupação, o comércio está de olho nos dados otimistas divulgados pelo setor de turismo. Se realmente houver um aumento na procura pela cidade de Uberlândia, manter os estabelecimentos abertos para atender os turistas pode se tornar vantajoso.
 
Apesar disso, o setor comercial ainda está cauteloso e se preocupa com a possibilidade de enfrentar prejuízos por causa dos feriados prolongados. Enquanto o setor de turismo representa cerca de 7% do PIB (Produto Interno Bruto), o comércio abrange 75% do valor.
 
Assim, em um primeiro momento, o excesso de feriados não agrada ao setor comercial de Uberlândia, que já se prepara para lidar com prejuízos. Seja mantendo o estabelecimento fechado ou atendendo e pagando as horas extras, há o risco de não se obter o ganho esperado.
 
A verdade é que existem dois lados nessa história, mesmo para o comércio. Quem tem loja de rua vê os feriados como algo não tão vantajoso; enquanto aqueles que estão nos shoppings centers já consideram uma chance de vender mais — pois é exatamente lá onde o turista que chega a Uberlândia poderá
aproveitar para fazer suas compras de viagem.


*Essa publicação é de responsabilidade do anunciante e não representa necessariamente a opinião do Diário de Uberlândia.



 

Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »