29/01/2020 às 16h25min - Atualizada em 29/01/2020 às 16h25min

UFU divulga prazo para matrículas através do Sisu

Resultado do Sisu foi divulgado na noite desta terça-feira (28); interessados têm até o dia 4 de fevereiro para manifestar interesse e enviar documentos à universidade

DA REDAÇÃO

Com a confirmação do resultado do Sistema de Seleção Unificada (Sisu), divulgado pelo Ministério da Educação (MEC) na noite desta terça-feira (28), o calendário de matrículas dos ingressantes nos cursos de graduação da Universidade Federal de Uberlândia (UFU) no primeiro semestre letivo de 2020 foi mantido. A chamada regular única teve início nesta quarta-feira (29).

As solicitações de matrículas podem ser realizadas pelo site da Pró-Reitoria de Graduação (Prograd/UFU). Após manifestar o interesse de matrícula no portal, os interessados devem enviar por sedex os documentos necessários ou entregá-los no campus escolhido. O prazo para o processo vai até as 16h30 do dia 4 de fevereiro.

“Se o aluno manifestou o interesse de estudar em Uberlândia, ele deve enviar ou entregar os documentos no prédio da reitoria do Campus Santa Mônica. Todos esses detalhes podem ser conferidos no edital de matrícula no site da Prograd”, explicou o pró-reitor Armindo Quillici Neto.

Como consta no edital, o primeiro semestre letivo de 2020 para os novos matriculados começa no dia 9 de março. Informações ou dúvidas sobre as aulas e atividades do curso deverão ser esclarecidas diretamente na coordenação do curso do candidato ingressante.

PROBLEMA ENEM
O atraso na divulgação dos resultados do Sisu se deu por problemas nas notas de aproximadamente 6 mil alunos que fizeram o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2019. Na última semana, o Ministério Público Federal (MPF) pediu ao Ministério da Educação (MEC) a suspensão do processo até que fosse feita nova conferência dos gabaritos dos exames.

Segundo o MEC, a falha teria ocorrido na impressão das provas aplicadas em algumas cidades, sendo responsabilidade de uma gráfica. A pasta acrescentou que corrigiu o problema e não houve prejuízos para os estudantes.

Em razão disso, o presidente do Superior Tribunal de Justiça (STJ), ministro João Otávio de Noronha, decidiu nesta terça-feira (28) liberar a divulgação do resultado das inscrições no Sisu.




Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »