20/12/2019 às 21h39min - Atualizada em 20/12/2019 às 21h39min

​Núcleo de instabilidade provoca inundações e queda de árvores em Uberlândia

Córrego na região do Camaru transbordou e alagou vias; bairro Morumbi também registrou pontos de alagamento

DA REDAÇÃO
Região no entorno do Camaru ficou alagada | Foto: Diário de Uberlândia
As chuvas registradas na noite desta sexta-feira (20) em Uberlândia provocaram várias quedas de árvores pela cidade e pontos de alagamentos especialmente nos bairros Morumbi e na região do Lagoinha. Equipes dos bombeiros e da Defesa Civil foram às ruas para avaliar a situação e orientar motoristas e os moradores.

Conforme as informações do laboratório de climatologia da Universidade Federal de Uberlândia (UFU), a forte chuva foi provocada por um núcleo de instabilidade, cujo fenômeno meteorológico é conhecido por "cúmulo-nimbo".

Até por volta das 21h, havia cerca de 30 chamados de queda de árvores em vias públicas nos bairros Santa Luzia, Pampulha, São Jorge, Laranjeiras, Granada, Segismundo Pereira, Jardim Ipanema e Morada dos Pássaros. Em algumas localidades da cidade, os ventos chegaram a ultrapassar 90 km/h, incluindo as proximidades do aeroporto. O temporal começou por volta das 18h e houve relatos de queda de granizo em bairros da zona leste. 

A avenida Felipe Calixto Milken e a rua Serraria, no bairro Morumbi, voltaram a alagar com a forte chuva. Também foram registrados alagamentos no entorno do parque de exposições Camaru e a Defesa Civil pede aos motoristas que acessem rotas alternativas, já que o córrego que passa pelo bairro Lagoinha transbordou e alagou as vias. 

A água também invadiu a área do parque e inundou o estacionamento. As fortes rajadas de vento na região derrubaram árvores, outdoors e muros. A Defesa Civil estima que tenha chovido aproximadamente 50 milímetros em pouco mais de duas horas do temporal. 

Avenida no bairro Morumbi voltou a alagar na noite desta sexta-feira (20) | Foto: WhatsApp/Reprodução




 

Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »