11/12/2019 às 08h00min - Atualizada em 11/12/2019 às 11h20min

Infraero abre 38 voos extras para atender demanda de fim de ano

Aeroporto de Uberlândia espera alta de 4,5% no fluxo de passageiros para o período; rodoviária prevê mais 16 linhas

SÍLVIO AZEVEDO
Para este ano, Infraero projeta movimento com 3 mil passageiros a mais em Uberlândia | Foto: Arquivo Diário de Uberlândia
Para atender o aumento no número de passageiros neste final de ano, a Empresa Brasileira de Infraestrutura Aeroportuária (Infraero) informou que foram acrescentados 38 voos extras no Aeroporto de Uberlândia Ten. Cel. Aviador César Bombonato. Segundo a empresa, entre 16 de dezembro e 5 de janeiro de 2020, o fluxo de passageiros deverá ser de 4,5% maior que o mesmo período do ano passado.

De acordo com o superintendente do Aeroporto de Uberlândia, Gessilney da Paz Gomes, o cálculo de aumento leva em conta o número de assentos oferecidos pelas empresas aéreas que atuam em Uberlândia. “A estimativa é de que 67 mil passageiros passem pelo terminal mineiro, quase 3 mil a mais do que os 64 mil registrados em período similar, no último ano.”

Além dos destinos tradicionais, Belo Horizonte (MG), Brasília (DF), Ribeirão Preto (SP), Campinas (SP), São Paulo (SP), Rio de Janeiro (RJ) e Porto Seguro (BA), foram acrescentadas rotas para Cuiabá (MT), Maceió (AL) e para o aeroporto Internacional Tom Jobim/Galeão, no Rio de Janeiro.

“O Aeroporto de Uberlândia recebe, em média, 34 voos diários por meio de quatro empresas aéreas: Azul, Gol, Latam e Passaredo. Até outubro deste ano, passaram pelo aeroporto quase 1 milhão de pessoas. O terminal tem capacidade para atender 2,4 milhões de passageiros ao ano”, afirmou Gessilney Gomes.

Para garantir segurança dos passageiros, a Infraero está adotando medidas preventivas em períodos de maior movimentação em seus terminais, como o reforço do quadro de limpeza, intensificação das equipes de segurança, operações e manutenção. 

Mesmos com o aumento no número de passageiros, alguns comerciantes do local não estão muito otimistas. A gerente do De Minas Armazém, Lorena Debs, afirma que esse período do final do ano é o pior de vendas para o comércio no local. “Em dezembro e janeiro as vendas caem mais ou menos 40%. Não pelo número, mas por causa do perfil dos passageiros, que é mais de turismo e não o de negócios. Uma pessoa que viaja uma vez por ano não compra em aeroporto”, disse.

AMPLIAÇÃO
A tão esperada ampliação do terminal de passageiros esbarra em uma questão judicial. Segundo informações da Infraero, para realizar a assinatura do contrato e da ordem de serviço da obra, é necessário aguardar uma decisão da Justiça Federal quanto a uma medida cautelar, impetrada por uma licitante, que suspendeu a assinatura do referido contrato. 

Rodoviária prevê mais 16 linhas para o fim de ano
No Terminal Rodoviário Presidente Castelo Branco, em Uberlândia, o movimento deve começar a crescer a partir da próxima segunda-feira (16). Atualmente 28 empresas atuam na rodoviária, com 203 rotas para diversos destinos no país. 

Segundo o assistente administrativo da rodoviária, Paulo Roberto Pereira, 16 novas linhas serão disponibilizadas entre os dias 20 e 29 de dezembro para atender a alta demanda.  “Até agora o movimento está normal. Em uma conversa com o pessoal nos guichês, a procura está muito pequena, por enquanto. Mas esperamos um aumento, pois a gasolina está cara, tem pedágios, as estradas não estão muito boas para viajar. Então esse aumento deve acontecer mesmo na última hora.”

Em 2018, 110 mil pessoas passaram pelo terminal rodoviário de Uberlândia entre os dias 23 e 31 de dezembro. Entre os destinos mais procurados estão São Paulo, Rio de Janeiro, Goiânia e Belo Horizonte.


Terminal rodoviário também espera aumento no movimento para o final do ano | Foto: Arquivo Diário de Uberlândia
 



 
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »