26/11/2019 às 08h44min - Atualizada em 26/11/2019 às 08h44min

Construtoras se posicionam sobre citação em lista de investigadas

Diário procurou empresas listadas na ação civil para se manifestarem sobre o assunto; veja retornos

DA REDAÇÃO
Fraudes envolvendo empresas e servidores de Uberlândia foram identificadas no setor da construção civil | Foto: Pixabay
O Diário entrou em contato com as empresas que aparecem na lista de investigadas do Ministério Público Estadual (MPE) no caso do esquema das construtoras, que foi denunciado no Fantástico em 10 de outubro. Confira abaixo o posicionamento das construtoras:

AZM
“A AZM informa que prestou todos os esclarecimentos necessários às investigações do Ministério Público. Reafirma ainda não ter praticado nenhum ato ilícito, tendo como comprovar documentalmente todas as suas ações realizadas junto aos órgãos públicos, todas legais, sem que houvesse qualquer tipo de favorecimento na aprovação de seus projetos. Reafirma que em suas ações se pauta pela transparência, ética e compromisso com seus clientes e a sociedade.”

AP PONTO
“A AP Ponto reitera que possui um rigoroso sistema de compliance e sempre trabalhou pautada pela legislação vigente nas cidades onde atua.  A empresa segue tranquila e confiante no esclarecimento dos fatos e à disposição do Ministério Público para os esclarecimentos que se fizerem necessários.”

GRANJA MARILEUSA
“A direção do Granja Marileusa está prestando todos os esclarecimentos necessários às autoridades e seguirá colaborando com as investigações.”

JARDIM UMUARAMA
“A empresa Jardim Umuarama vem a público esclarecer que se encontra à disposição da Justiça para sanar qualquer dúvida e crê na lisura de sua conduta.”

ALTO UMUARAMA
“Alto Umuarama, empresa sediada nesta cidade, declara que se encontra à disposição das autoridades para promover os esclarecimentos necessários. Reforça a crença na legalidade da sua atuação e confia na Justiça brasileira.”

HPR
“Informamos que todos os esclarecimentos acerca do tema já foram prestados à promotoria, inclusive com apresentação de provas irrefutáveis sobre a lisura de nossos processos, que todos os serviços contratados foram devidamente comprovados, sem nenhum tipo de privilégio, ou aprovação irregular e negamos veementemente qualquer participação em ato ilícito.”

Alphaville
“A Alphaville Urbanismo tomou ciência da investigação por parte do Ministério Público de Minas Gerais, mas ainda não teve acesso ao seu completo teor. A empresa afirma possuir rigorosos processos de conduta ética e de compliance que regem a condução dos seus negócios e já se coloca à disposição das autoridades para prestar todos os esclarecimentos que forem necessários.”

FC Urbanizadora
“A FC Urbanizadora esclarece que todas as informações foram prestadas ao MP, cujos documentos demonstram que jamais se beneficiou de vantagens indevidas, ou eticamente impróprias.

A FC Urbanizadora salienta, ainda, que manterá uma conduta colaborativa até o fim das investigações, pois é desejo que todos os fatos sejam elucidados.”

Cryela Brasil Realty AS Empreendimentos e Participações
“A Cyrela reforça que as práticas da companhia são pautadas pela ética e transparência, regidas por seu código de conduta e por um programa de integridade que envolve todos seus colaboradores, parceiros e fornecedores. Sobre a investigação do Ministério Público, que envolve servidores da Prefeitura de Uberlândia e diversas incorporadoras e loteadoras, a empresa esclarece que instaurou uma sindicância para apurar os fatos, já que estes ocorreram há mais de cinco anos.

A Cyrela reitera ainda que opera de acordo com todas as legislações vigentes e permanece à disposição dos órgãos competentes para apuração do ocorrido.”

Delta
“A empresa sempre adotou conduta estritamente legal, ética e proba em seus negócios e em sua relação com a Administração Pública, tendo prestado informações às autoridades nesse sentido e se colocado à disposição das mesmas para quaisquer esclarecimentos.”

MRV
“A MRV ressalta que tem colaborado irrestritamente com as investigações do Ministério Público, reforçando seu forte compromisso com os valores de integridade, ética e transparência.

A companhia esclarece que a contratação da RCS Empreendimentos e Consultoria Ltda. tinha como objetivo a prestação de serviços lícitos e efetivamente executados, sem qualquer obtenção de vantagem indevida. Assim que foi informada sobre a investigação promovida pelo Ministério Público, a MRV suspendeu a prestação de serviços da empresa investigada.

Salienta que todos os projetos aprovados pela Prefeitura de Uberlândia tiveram tramitação regular pelos órgãos competentes, respeitando a legislação vigente.

A MRV reafirma, nessa oportunidade, seu compromisso em atuar de maneira sustentável e informa que contribui para o desenvolvimento do município de Uberlândia, tendo investido, nos últimos três anos, mais de R$ 10 milhões na construção de creches, ciclovias, obras de drenagem, pavimentação de ruas, dentre outras benfeitorias.”


 

Construtora Garcia Cortes
A empresa esclareceu, ao telefone, que Regilda Siqueira prestou serviços para a empresa para elaboração da NB, documento feito necessariamente por um engenheiro. A contratou como um profissional qualquer. Disse também que assim que for chamada irá ao MP prestar esclarecimentos e mostrar que não houve nenhuma situação irregular.

Vívamus Empreendimentos
“Na condição de assessor jurídico de Vivamus Empreendimentos Imobiliários Ltda., informo a este ilustre veículo de comunicação, que a mesma, empresa séria e íntegra, já prestou, assim que foi oficialmente notificada, de pronto, todas as informações e esclarecimentos ao nobre Ministério Público do Estado de Minas Gerais, acerca das indagações que foram levantadas.

Necessitando a Vivamus de serviços concernentes à projetos arquitetônicos, recebeu como indicação, através de outras construtoras locais mais experientes, a empresa RSC EMPREENDIMENTOS E CONSULTORIA.

Como o preço/orçamento para os serviços era condizente com o mercado, na ocasião, e ainda considerando as boas referências, foram firmados contratos específicos para a prestação de serviços com a referida firma RSC EMPREENDIMENTOS E CONSULTORIA.

Houve contratação lídima, regular, por valores de honorários compatíveis, e os serviços foram prestados dentro da normalidade
.
A Vivamus, frise-se, nunca teve qualquer ciência de eventuais ilicitudes de pessoas relacionadas à contratada RSC EMPREENDIMENTOS E CONSULTORIA, jamais recebeu qualquer benefício interno na Prefeitura em função desta contratação, jamais prometeu ou ofereceu vantagem indevida à funcionários da Prefeitura de Uberlândia, bem como não coaduna e nunca manteve qualquer envolvimento com atitudes escusas, antiéticas ou ilícitas.

A Vivamus está a inteira disposição para auxiliar nas investigações conduzidas pelos ínclitos Promotores de Justiça, visando a ampla e efetiva elucidação dos fatos e de todas as questões objeto dos procedimentos administrativos instaurados, sem exceção.”
 
SONAE SIERRA BRASIL
“Por meio de sua assessoria de imprensa, o Uberlândia Shopping esclarece que não é alvo de investigação e está colaborando com o Ministério Público.

Informa ainda que todas contratações são feitas de acordo com rígidos termos de sua Política Anticorrupção e Código de Ética e se dão de forma absolutamente legal e regular.”
 
EL GLOBAL
“A ELGLOBAL declara que todas as informações sobre o caso foram repassadas para o Ministério Público visando colaborar com as investigações.”
 
BRASAL INCORPORAÇÕES
“Nosso processo de contratação de fornecedores toma por base referências de mercado e notável expertise. A prestação dos serviços obedece às regras contratuais de parte a parte.

Todos os contratos são firmados de maneira formal, mediante comprovação documental e pesquisa de idoneidade. Procedemos desta forma em todas localidades em que operamos.”
 
REALIZA CONSTRUTORA LTDA
“Esclarecemos que a Realiza Construtora sempre atuou e atua em rígida observância aos preceitos éticos, legais e morais, sendo que os empreendimentos promovidos (dentro e fora de Uberlândia) são devidamente regulares.

Informa, ainda, que está em total colaboração com o Ministério Público e presta as informações necessárias para comprovar sua boa fé.”
 
CINQUE ARQUITETURA
“A Cinque Arquitetura é uma empresa que trabalha exclusivamente na elaboração de projetos, dentro das normas legais, e princípios ético e moral, visando sempre a satisfação de seus clientes. A empresa forneceu todas as informações ao Ministério Público visando colaborar com as investigações e elucidar os fatos.”
 
ITV Urbanismo
“A empresa sempre adotou conduta estritamente legal, ética e proba em seus negócios e em sua relação com a Administração Pública, tendo prestado informações às autoridades nesse sentido e se colocado à disposição das mesmas para quaisquer esclarecimentos. ”

PDCA Engenharia
"A PDCA  esclarece que jamais participou de qualquer tipo de esquema junto à Prefeitura de Uberlândia, visando a aprovação de seus projetos. Sempre agiu valorizando a satisfação de seus clientes, mas com ética e profissionalismo, sem qualquer tipo de burla às normas legais.  Não se valeu de nenhum ato ilegal ou privilegiado praticado  por  quem quer que seja.  Esclarece, ainda, que está à inteira disposição das Autoridades e que já prestou ao Ministério Público os esclarecimentos solicitados, visando colaborar com as investigações."


O Diário de Uberlândia também abriu espaço para as demais empresas citadas, mas algumas não foram encontradas e outras preferiram não se manifestar.


* O texto foi atualizado às 14h24 desta terça-feira (26) 








 

Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »