22/11/2019 às 10h00min - Atualizada em 22/11/2019 às 10h18min

Trio é preso e ladrão baleado continua internado após assalto à lotérica de Uberlândia

Crime aconteceu na tarde de ontem (21) no bairro Morumbi; jovens fugiram para assentamento, mas foram pegos pela polícia

GIOVANNA TEDESCHI
Carro usado no crime foi encontrado em residência do assentamento | Foto: Diário de Uberlândia

Três jovens foram presos e um continua internado após um assalto à lotérica na tarde desta quinta-feira (21), por volta das 13h30, em Uberlândia. O estabelecimento fica dentro de um supermercado na rua Facão, bairro Morumbi.

 

De acordo com a Polícia Militar (PM), os suspeitos entraram encapuzados e armados no local, renderam as vítimas e realizaram disparos. Os militares receberam a denúncia e começaram a rastrear os jovens.

 

Em patrulhamento pelo Anel Viário Norte, os policiais rastrearam um carro com os suspeitos. Eles fugiram em direção ao assentamento Maná quando perceberam a presença da viatura. Durante a fuga, eles dispensaram roupas pelas ruas, além de um bornal contendo dinheiro, carteira, cartões e papéis com apostas que seriam realizadas na lotérica.

 

Os jovens, então, pularam muros e entraram em uma residência. Nesse momento, os militares conseguiram abordar três deles: um de 23, um de 26 e um de 29 anos. O mais velho confessou usar uma arma de fogo, encontrada no local, durante o assalto.

 

Depois, a equipe foi até uma casa abandonada, no mesmo assentamento, onde estava o carro utilizado no roubo. Nesse momento, uma senhora abordou a PM e disse que um indivíduo entrou em seu sobrado, apontou uma arma de fogo para ela, pediu para que ficasse calada e subiu para o telhado da residência.

 

Os policiais então cercaram o local e viram o jovem, de 24 anos, pulando muros. Ele acabou de frente com um militar, que pediu para que ele soltasse o revólver e a colocasse no chão. O suspeito desobedeceu e fez um movimento brusco com a mão, o que fez com que o PM atirasse na perna dele. 

 

O jovem baleado foi socorrido e levado para o pronto-socorro do Hospital de Clínicas da Universidade Federal de Uberlândia (HC-UFU). O Diário entrou em contato com a assessoria do hospital, que não pôde informar o estado de saúde pois o suspeito está sob escolta policial. Os outros três criminosos foram encaminhados para a delegacia de plantão. Todos confessaram o roubo na lotérica.

 

A perícia técnica compareceu ao local e realizou os trabalhos necessários. As duas armas de fogo, sendo dois revólveres calibre 38, foram apreendidas, junto com cinco cartuchos utilizados e um intacto. 




 

Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »