22/10/2019 às 10h15min - Atualizada em 22/10/2019 às 10h15min

Polícia encontra revólver e mais de R$ 70 mil em residência em Uberlândia

Apreensão ocorreu após denúncia de tráfico de drogas no bairro Planalto; duas pessoas foram presas

DA REDAÇÃO
Polícia encontrou dinheiro, arma e drogas | Foto: PM/ divulgação

A Polícia Militar (PM) apreendeu um revólver e R$ 76.320 em dinheiro em uma residência em Uberlândia na noite de segunda-feira (21), por volta das 23h. A ocorrência foi registrada na rua Antônio Geraldo Pereira, bairro Planalto.

 

A polícia recebeu uma denúncia de que um homem vendia drogas em um disk bebidas e que escondia o material nos fundos falsos dos porta-garrafas, além de possuir um revólver. Ainda segundo o denunciante, o proprietário do comércio receberia grande quantidade de drogas na noite de segunda.

 

Os militares foram até o comércio e perceberam uma movimentação estranha: pessoas entravam como se fossem comprar bebidas, mas saíam de mãos vazias. Foram então ao estabelecimento e um funcionário, de 34 anos, permitiu que revistassem o local, onde encontraram 21 porções e 43 pinos de cocaína.

 

Neste momento uma mulher chegou ao estabelecimento dizendo que o marido dela, de 39 anos, era o proprietário e que estava na residência ao lado. Os policiais foram até lá e informaram a denúncia anônima ao casal, que permitiu as buscas na casa e disse que não havia nada de ilícito lá.

 

Em um guarda-roupas, foi localizado um cofre. Inicialmente, os dois disseram que não possuíam a senha e que nunca tinham o aberto desde que alugaram a residência. Depois de discutirem com os policiais, a mulher abriu o cofre, onde havia R$ 76.320. Questionados, os dois disseram que o dinheiro foi depositado por uma tia do homem, que vive em Portugal, para que quitassem um carro. De acordo com eles, valor estaria lá há dois anos e o veículo ainda não havia sido pago. O casal não encontrou nenhum documento que comprovasse a origem do dinheiro. Na residência também foram entrados um revólver calibre 38 e sete munições intactas.

 

O funcionário e o proprietário do disk bebidas receberam voz de prisão e encaminhados, junto com o dinheiro e os outros materiais encontrados, à delegacia de plantão.





 

Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »