22/10/2019 às 08h11min - Atualizada em 22/10/2019 às 10h20min

PM de Uberlândia passa a receber chamados pelo WhatsApp e Telegram

A princípio, recurso está disponível nas bases móveis da região oeste da cidade

VINÍCIUS LEMOS
Serviço está disponível para moradores de 45 bairros da área do 32º Batalhão | Foto: Giovanna Tedeschi
Desde essa segunda-feira (21), a Polícia Militar em Uberlândia testa na região oeste da cidade o uso de aplicativos de troca de mensagens para atendimento à população em sete bases móveis da corporação. O atendimento não substitui o acionamento de emergência via 190, mas tem o objetivo de aproximar o patrulhamento da população. A depender do resultado, o trabalho poderá ser ampliado para o restante da cidade.

A princípio, moradores de 45 bairros da área do 32º Batalhão da PM, além das equipes da Patrulha Rural do setor, contarão com o serviço. O atendimento acontecerá no mesmo horário de funcionamento das Bases de Segurança Comunitárias (BSC), entre 14h e meia noite. Policiais instalados nas bases é que atenderão às solicitações em dois aplicativos, o WhatsApp e o Telegram.

Segundo o comandante do 32º BPM, tenente coronel Sandro Heleno Ferreira, a experiência já tem sido aplicada com sucesso em Belo Horizonte. Ele explicou que hoje os bairros já são atendidos de forma setorizada para patrulhamentos e passam a ter uma subsetorização com o objetivo de aproximação ainda maior entre moradores e polícia.

“Esses números (para aplicativos) vão fazer parte de todos os grupos da rede de proteção preventiva da polícia nesses setores. Até o final do ano, queremos expandir em 20% as nossas redes de proteção. Junto com a subsetorização, que é praticamente colocar um sargento para comandar cada bairro, a gente vai experimentando com a ferramenta do celular na base para ver se funciona bem, com aumento da sensação de segurança”, disse o comando.

A expectativa da PM é receber principalmente chamados preventivos, ainda que não estejam descartados acionamentos de emergência. Os telefones terão canal direto com os tenentes que comandam os setores e com sargentos de cada subsetor. O comando do batalhão não espera aumento no número de atendimentos no geral, mas as denúncias em particular poderão crescer.

O projeto nasceu de iniciativa do comando do 32º Batalhão e teve parceria com a Secretaria da Receita Federal para que os smartphones fossem doados à corporação para o uso nas bases. A implementação do serviço faz parte das diretrizes do programa “Minas Segura”, do Comando Geral da Polícia Militar em Minas Gerais. Em toda a cidade de Uberlândia há 21 bases da polícia, que funcionam há um ano, substituindo as antigas companhias da PM.
 
SERVIÇO
BSC Roosevelt – (34) 99765-9054
BSC Jardim Brasília – (34)99765-9060
BSC Tocantins – (34) 99782-9833
BSC Chácaras Tubalina – (34) 99782-9873
BSC Residencial Pequis – (34) 99782-9863
BSC Patrimônio – (34) 99790-3857
BSC Tubalina – (34) 99790-3704
BSC Osvaldo Rezende – (34) 99767-2018
BSC Fundinho – (34) 99645-9628
 
Patrulha Rural 92ª CIA PM – (34) 99765-8841
Patrulha Rural 109ª CIA PM – (34) 99782-9809
Patrulha Rural 169ª CIA PM – (34) 99803-5960

32º BPM
Patrulha de Prevenção a Violência Doméstica - (34) 99639-6932
Patrulha de Prevenção a Homicídios – (34) 99790-1766
Coordenador de Policiamento da Unidade – (34) 99698-8291
Comando Tático – (34) 99810-3104
 
Funcionamento – 14h a 0h

Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »