04/10/2019 às 08h54min - Atualizada em 04/10/2019 às 08h54min

Uma tragédia que não deve ser esquecida

Causa LGBT é tema de manifesto teatral do Coletivo Teatro Viés; apresentação em Uberlândia acontece no sábado (5) e domingo (6)

ADREANA OLIVEIRA
Coletivo Teatro Viés apresenta “Manifesto Teatro Pulse!” | Foto: Lu Pacchioni e Rafael Rodini/Divulgação

Uma tragédia que ocorreu longe daqui, mas algo que se não tem o seu espaço de discussão e aceitação, tende a se repetir. Por mais que pareça que as pessoas estão perdendo a capacidade de se indignar com tantas atrocidades, é preciso lutar contra a maré. O manifesto do Coletivo Teatro Viés resgata o trágico acidente ocorrido em junho de 2016 na boate gay “Pulse”, em Orlando, nos Estados Unidos, quando 50 jovens hispânicos foram mortos. Um marco contemporâneo contra a comunidade LGBT. “Manifesto Teatral Pulse!” estará em cartaz sábado (5) e domingo (6) no Circuito Independente de Teatro de Uberlândia (Citu), na Escola Livre do Grupontapé de Teatro.

A montagem tem texto e direção de Rafael Lorran e surgiu com o objetivo de experimentar os pressupostos técnicos e políticos da estética brechtiana a partir dos princípios e procedimentos do teatro épico, na interface com a linguagem documentária. Segundo Lorran, o espetáculo mescla cenas dramáticas, intervenções performativas, coros narrativos e vídeos documentários, aspectos da encenação que são abordados considerando princípios da musicalidade paródica, coralidades narrativas e corporeidades entre o ator\personagem e ator\rapsodo.

O diretor comenta ainda que a obra relembra as últimas 12 horas das vítimas de Orlando em uma linguagem que fica entre o drama ficcional e o documentário trazendo à tona o urgente debate sobre as diversas (sutis e criminosas) faces da homofobia. A peça abriu a Semana da Diversidade LGBTQI do Rio de Janeiro (RJ), em 2017, e integrou a "Mostra Selecionada de Artes Cênicas" da 11ª Bienal da UNE em Salvador (BA), em 2019.

O Coletivo Teatro de Viés surgiu em 2017, é formado por atores, músicos, produtores e profissionais das artes cênicas de Uberlândia que assumem as urgências contemporâneas e a necessidade de desenvolver um teatro político.

SERVIÇO
O QUÊ: Citu – espetáculo “Manifesto Teatral Pulse!”
QUEM: Coletivo Teatro de Viés
QUANDO: sábado (5), às 20h, e domingo (6), às 19h
LOCAL: Teatro da Escola Livre do Grupontapé (R. Tupaciguara, 471, Aparecida)
CLASSIFICAÇÃO: 18 anos
INGRESSOS: R$ 40 (inteira) e R$ 20 (meia-entrada)
INFORMAÇÕES: 3213-1325


 

Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »