17/08/2019 às 11h20min - Atualizada em 17/08/2019 às 11h20min

Operação Romaria resulta em 980 autuações por excesso de velocidade

Imagens de radares móveis foram capturadas na BR-365 no trecho de responsabilidade da PRF de Uberlândia

CAROLINE ALEIXO
Na última operação na região antes da suspensão do uso de radares móveis em todo o País, a Polícia Rodoviária Federal (PRF) registrou 980 autuações por excesso de velocidade a partir de imagens capturadas pelos equipamentos na BR-365, no trecho de responsabilidade da 15ª Delegacia da PRF em Uberlândia. A Operação Romaria iniciou no dia 1° de agosto e finalizou na última quinta-feira (15).

A fiscalização teve como objetivo oferecer maior segurança aos romeiros que fazem a tradicional peregrinação de quase 80 km entre Uberlândia e Romaria. A operação ainda registrou um acidente sem vítimas no trecho e um total de 460 veículos fiscalizados. Foram 339 infrações por ultrapassagem em local proibido e 21 por falta do uso de cinto de segurança.

Ainda de acordo com os dados divulgados pela PRF, três motoristas foram autuados por embriaguez ou por se recusar a fazer o teste de etilômetro. Ao todo foram realizados 257 testes.

Suspensão de radares móveis
O comunicado da PRF para a suspensão do uso dos equipamentos móveis em todo o trecho rodoviário federal ocorreu após determinação do presidente Jair Bolsonaro até que seja concluída reavaliação da regulamentação dos procedimentos de fiscalização eletrônica de velocidade em vias públicas.

A medida, segundo o ato do Executivo, tem como objetivo “evitar o desvirtuamento do caráter pedagógico e a utilização meramente arrecadatória dos instrumentos e equipamentos medidores de velocidade”.

No feriado de Corpus Christi foram 1.252 autuações por excesso de velocidade| Foto: PRF/Divulgação

O Diário entrou em contato com o departamento nacional da PRF para solicitar informações sobre o quantitativo de equipamentos na região e quantas autuações foram feitas nos últimos três anos, mas não obteve resposta.

Mas segundo divulgado pelo Diário, apenas em uma ação prévia realizada durante todo o mês de julho, para alertar os motoristas sobre a grande circulação de pedestres no trecho no período da festa de Nossa Senhora da Abadia, foram flagrados 1.669 motoristas trafegando acima da velocidade permitida.

A captação das imagens por um radar móvel na rodovia resultou em quase 60 flagrantes por dia. A média diária para o período de 15 dias da Operação Romaria foi ainda maior, com 65 autuações.

Já na Operação Corpus Christi, que foi realizada de 20 a 23 de junho nas rodovias federais da região, os radares móveis flagraram 1.252 motoristas em excesso de velocidade.
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »