01/08/2019 às 15h22min - Atualizada em 01/08/2019 às 15h22min

Caixa e Município de Uberlândia firmam convênio para avaliação de imóveis

Medida abre nova possibilidade no processo de liberação de loteamentos e reloteamento de áreas na cidade

DA REDAÇÃO
Assinatura do convênio ocorreu na manhã desta quinta-feira (1°) | Foto: Valter de Paula/Secom/PMU
Um convênio assinado nesta quinta-feira (1º) pelo prefeito Odelmo Leão e a Caixa Econômica Federal permite à instituição financeira fazer avaliação de imóveis na cidade. Com isso, os proprietários que vão lotear ou relotear áreas passam a ter mais essa opção para o processo de liberação dos empreendimentos por parte da Prefeitura de Uberlândia.
 
Antes, a avaliação era feita apenas pela Comissão de Avaliação de Áreas da Secretaria Municipal de Planejamento Urbano (Seplan). Segundo o prefeito, a iniciativa atende uma reivindicação do próprio setor imobiliário.
 
O secretário de Planejamento Urbano, Rubens Kazuchi Yoshimoto, destacou que a lei complementar número 684, publicada em 26 de junho deste ano no Diário Oficial do Município, alterou a legislação de 2011 e abriu espaço para o convênio de prestação de serviço pela Caixa.
 
 “Em termos de tramitação do pedido de parcelamento do solo, o que muda é que o empreendedor declara sua opção de avaliação, se pela comissão da Prefeitura ou Caixa, no momento em que protocola a solicitação junto à Seplan. Se ele optar pela Caixa, o banco vai informar o valor a ser cobrado pela prestação de serviço, que será repassado ao requerente”, disse.
 
O valor do serviço prestado pela Caixa vai depender do projeto apresentado pelo empreendedor e o pagamento será feito por meio da Prefeitura, que fará o repasse para o banco. Para os casos de análise pela Comissão de Análise de Projetos, não há custo extra para o loteador.  
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »