12/07/2019 às 09h16min - Atualizada em 12/07/2019 às 09h16min

Eseba abre inscrições de programa para jovens e adultos

Matrículas para o Proeja vão até agosto; aulas são gratuitas e presenciais

DA REDAÇÃO
São trabalhados conteúdos de artes, Ciências, Geografia, História, Língua Portuguesa, Língua Estrangeira (Inglês) e Matemática. | Foto: divulgação/ UFU

Estão abertas as matrículas para a Educação de Jovens e Adultos - Proeja, Ensino Fundamental do 6° ao 9° ano, com formação em Auxiliar Administrativo. O curso é oferecido na Escola de Ensino Básico (Eseba) da UFU. As aulas são presenciais, no período noturno, com duração de dois anos e gratuitas.

 

A matrícula presencial deve ser feita entre até 6 de agosto, das 8h às 11h30, ou das 13h30 às 17h30. As pré-matrículas podem ser realizadas por meio de formulário on-line. A efetivação delas ocorre (mediante entrega de documentação) entre 5 e 9 de agosto das 8h às 11h30, das 13h30 às 17h30 ou das 18h às 21h. A Eseba fica na rua Adutora São Pedro, nº 40, Bairro Aparecida. 

 

Para se inscrever são necessários:

 

- Histórico escolar original ou declaração de transferência;

 

- 01 cópia do RG, CPF, Certidão de nascimento ou casamento, título de eleitor, reservista e comprovante de residência;

 

- 01 Foto 3 x 4;

 

- 01 pasta Brasil cor azul.

 

Mais informações na página do Proeja no Facebook ou pelos telefones 34 3218-2946 e 34 3218-2908.

 

O PROJETO

O Proeja é o Programa Nacional de Integração da Educação Profissional e acontece desde 2015, na Eseba, na modalidade PROEJA/FIC – Formação Inicial e Continuada em nível do Ensino Fundamental (6º ao 9º ano), com formação em Auxiliar Administrativo. 

 

Em parceria com o Instituto Federal do Triângulo Mineiro (IFTM), são trabalhados conteúdos de forma interdisciplinar, com projetos e atividades, que envolvem diferentes áreas de conhecimento, como: Artes, Ciências, Geografia, História, Língua Portuguesa, Língua Estrangeira (Inglês) e Matemática. Esses conteúdos são organizados em disciplinas que compõem o núcleo comum básico e a parte técnica. 

 

O objetivo do programa é desenvolver práticas pedagógicas capazes de capacitar os alunos trabalhadores, jovens e adultos, uma vez que a qualificação é parte indissociável das políticas de trabalho, emprego e renda, sejam elas urbanas ou rurais, públicas ou privadas. A proposta requer uma integração curricular e exige a reorganização das diferentes áreas de conhecimento, assim como a definição de metodologias de ensino-aprendizado que ultrapassem as fronteiras tradicionais da formação científica tecnológica. 


Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »