06/07/2019 às 08h00min - Atualizada em 06/07/2019 às 08h00min

Parientes do Mar retorna ao palco da Escola Livre do Grupontapé

"Nempalavras Nemcoisas (um rio)" é apresentado às 20h

DA REDAÇÃO
Joaquin Tato e Priscila Bello no drama que será apresentado hoje e amanhã no Citu | Foto: Divulgação

Será retomada neste sábado (6) a programação do Circuito Independente de Teatro de Uberlândia (Citu) com o espetáculo “Nempalavras Nemcoisas (um rio)”, com a companhia teatral Parientes do Mar, na Escola Livre do Grupontapé.

O espetáculo estreou em Uberlândia em 2017 é uma produção da Parientes do Mar, que surgiu em 2015 com o impulso de investigar, reflexionar e produzir Teatro. Este é o primeiro trabalho do grupo formado por Priscilla Bello, atriz uberlandense, e o ator argentino Joaquín Tato e tem assistência criativa de Rafael Lorran e dramaturgia e direção de Hernesto Mussano.

Com apoio do Fundo Municipal das Artes de Tigre (Buenos Aires), Universidade Nacional de San Martin (Argentina) e da Universidade Federal de Uberlândia (UFU), a narrativa não linear traz uma atriz e um ator que navegam por um rio sensorial de imagens e sons desandando o caminho revés de uma relação amorosa.

“Nempalavras Nemcoisas” é um esboço sobre o amor ou o que fica deste na ausência daqueles. Não é uma história, é uma desconstrução que deixa exposta a solidão de um discurso vazio. Um casal navega num rio mecânico de automatismos, padrões e reincidências. Fragmentos de amor que padecem naufrágios permanentes.

O espetáculo será apresentado hoje às 20h e amanhã às 19h na Escola Livre do Grupontapé de teatro (R. Tupaciguara, 471, Aparecida). Os ingressos custam R$ 40 (inteira) e R$ 20 (meia-entrada). Têm acesso à meia-entrada estudantes, idosos, professores, artistas e quem apresentar o panfleto da Citu. Classificação: 14 anos. Duração: 60 mintuos. Informações: 3213-1325.


Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »