31/05/2019 às 09h21min - Atualizada em 31/05/2019 às 09h21min

Casal de Uberlândia é o único 5 estrelas do Uber

Desempenho no aplicativo já fez Erick e Tatiane serem premiados por diversas vezes

MARIELY DALMÔNICA
Erick foi o 1º motorista a ganhar nota máxima na América Latina; Tatiane foi a 1ª mulher 5 estrelas de Minas | Foto: Divulgação
Depois que uma viagem feita pelo aplicativo Uber é finalizada, tanto o motorista quanto o usuário devem avaliar a corrida dando uma nota que varia de uma a cinco estrelas. Esse padrão foi criado para manter a qualidade do aplicativo, e com o tempo, se tornou motivo de premiação para os motoristas. Alcançar a meta não é fácil, e o colaborador só é considerado cinco estrelas após fazer 500 viagens consecutivas avaliadas com nota máxima.

Para o uberlandense e motorista de Uber Erick Teixeira, de 41 anos, não existe muito segredo para atingir essa nota. Depois de fazer 2.491 viagens, 500 delas cinco estrelas, ele se tornou o primeiro condutor da América Latina a atingir a nota máxima no aplicativo. “A partir de então, passamos a acompanhar os motoristas que alcançam essa marca. É um marco muito raro", afirmou Silvia Penna, gerente de Operações do Uber em Minas Gerais.

Depois de ver o sucesso do marido, Tatiane Teixeira, de 39 anos, também começou a trabalhar como motorista de aplicativo, e hoje se dedica exclusivamente à ocupação. Depois de um tempo ela se tornou a primeira mulher motorista cinco estrelas de Minas Gerais, e a segunda no Brasil. Junto com o esposo, eles ocupam o lugar de primeiro casal cinco estrelas do Uber no País.

Erick não conseguiu o mérito apenas uma vez, mas três vezes desde janeiro do ano passado, quando recebeu uma placa e um prêmio em dinheiro durante um evento em São Paulo. Ele é formado em administração e trabalha como consultor de vendas no ramo de autopeças desde 1996, mas em março de 2017 decidiu complementar a renda trabalhando como motorista de aplicativo, poucos meses depois da chegada do Uber em Uberlândia.

“Já até passou pela minha cabeça assumir só a profissão de motorista, porque deu muito certo”, disse Erick, que trabalha como consultor durante o dia e como Uber das 18h à meia-noite, durante a semana.

Antes de começar a trabalhar no ramo, o motorista chegou a assistir vídeos com dicas de motoristas de aplicativos que são youtubers. Segundo ele, o trabalho não se resume em apenas dirigir, mas também em atender bem os clientes. “Eu recepciono bem, tenho bala, internet, pergunto o gosto musical do passageiro. A cereja do bolo é o atendimento”, afirmou Erick, que passou a conhecer bem os bairros de Uberlândia, e já fez viagens até para Araguari.

MINAS
Tatiane é formada em medicina veterinária, mas nunca exerceu a profissão. Antes de entrar para o Uber, há cerca de um ano e meio, ela trabalhava com vendas de cosméticos pela internet. “Como o Erick já estava no aplicativo, eu vi que daria mais resultado trabalhar como motorista”, disse.

Tatiane recebeu a placa de cinco estrelas em agosto do ano passado, quando completou 2.358 viagens, 500 delas consecutivas avaliadas com a nota máxima. Além disso, ela e o marido também foram premiados com uma viagem para Araxá.

“É tão bom ser bem atendido, e não é impossível. A partir do momento que você adota uma forma de trabalhar, a coisa flui para o lado positivo”, afirmou Tatiane, que vai passar alguns meses longe do volante porque está de licença maternidade. Erick e Tatiane, que já eram pais de Erick Moraes de 20 anos, tiveram uma bebê cinco estrelas, a Valentina, que veio ao mundo no último sábado.

DESAFIO
Depois que Erick atingiu o mérito, a empresa Uber pensou em novas formas de incentivar os motoristas a se tornarem condutores com nota máxima no aplicativo. Neste ano, a empresa implementou um processo para ajudar os motoristas a melhorarem as avaliações.

Um game online com orientações práticas e dicas de atendimento foi criado para os novos motoristas. O “Desafio Cinco Estrelas” aborda as expectativas dos usuários, cuidado e manutenção do carro, além de diversidade e respeito mútuo.

Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »