23/05/2019 às 13h23min - Atualizada em 23/05/2019 às 13h23min

Cobertura vacinal chega 79% a poucos dias do final da campanha em Uberlândia

Idosos continuam sendo o grupo que mais procurou pelas doses contra a gripe; educação tem índice menor

MARIELY DALMÔNICA
Cobertura vacinal de idosos é de 89,10% na cidade | Foto: Mariely Dalmônica
A pouco mais de uma semana para o término da Campanha de Vacinação contra a Influenza e cerca de 34 mil pessoas que fazem parte dos grupos prioritários em Uberlândia ainda não se vacinaram, de acordo com dados do Sistema de Informações do Programa Nacional de Imunizações (Sipni), do Departamento de Informática do SUS (Datasus). A expectativa é que a adesão aumente nos últimos dias da ação, segundo a coordenadora do Programa Municipal de Imunização, Cláubia Oliveira.

A campanha, que teve início no dia 10 de abril e irá terminar no dia 31 deste mês, atingiu pouco mais de 79% do público alvo - gestantes, crianças de seis meses a menores de seis anos, idosos, trabalhadores de saúde, povos indígenas, puérperas (mulheres até 45 dias após o parto), professores, pessoas portadoras de doenças crônicas, população privada de liberdade, incluindo adolescentes e jovens de 12 a 21 anos sob medida socioeducativa, e os funcionários do sistema prisional em Uberlândia. Segundo o Sipni, 166.608 pessoas deveriam se imunizar na campanha deste ano.

“A gente só vai alcançar a meta [que é de 95%], se vacinarmos cerca de 20% [que ainda faltam] do grupo prioritário”, afirmou Oliveira. Ainda não há previsão de prorrogação da campanha ou disponibilização da vacina para outros grupos, mas em breve o Ministério da Saúde irá se posicionar sobre a situação, afirmou a coordenadora.

A cobertura vacinal está mais baixa entre os profissionais da educação. Desse grupo, 61% tomaram a dose contra a influenza, e mais de 3 mil professores ainda não foram imunizados.

Quase 15 mil crianças de seis meses a menores de seis anos ainda não se imunizaram nesta campanha. Segundo Oliveira, o assunto continua sendo abordado nas Escolas Municipais de Educação Infantil (Emeis), para que mais pais e responsáveis tenham consciência da importância da vacina. “Estamos indo com toda a equipe para a escola, em horário que o pai possa estar junto. Também estamos fazendo uma busca ativa no nosso sistema, vamos recorrer ao Conselho Tutelar para que ele nos apoie”, afirmou a coordenadora.

Os idosos com mais de 60 anos continuam em primeiro lugar na cobertura vacinal. Quase 90% deles já se vacinaram contra a influenza. “Eles são um exemplo para todos, sabem que a vacina é eficaz, protege e que a doença pode evoluir para óbito”, disse a coordenadora.

Até o momento, nenhum caso por influenza foi confirmado no Município neste ano.
 
CAMPANHA
 A vacinação contra a gripe está sendo realizada nas Unidades Básicas de Saúde da Família (UBSFs) e nas Unidades Básicas de Saúde (UBSs), das 7h30 às 16h30, e nas Unidades de Atendimento Integrado (UAIs), exceto São Jorge e Morumbi, das 8h às 20h.
Pessoas acamadas e que se encontram no grupo prioritário podem agendar a visita de um técnico em casa para a aplicação da vacina através do telefone 0800-940-1480.

Quem for se vacinar contra a influenza deve levar o cartão de vacinação e um documento de identificação. Professores e trabalhadores em saúde devem levar algum documento que comprove o vínculo empregatício. Mulheres puérperas devem levar um documento que prove que ela passou por parto nos últimos 45 dias. Pessoas com alguma comorbidade devem apresentar encaminhamentos médicos.


COBERTURA VACINAL
 
TOTAL
População          166.608
Doses Aplicadas               131.877
Cobertura Vacinal           79,15%
 
CRIANÇAS
População          46.051
Doses Aplicadas               31.387
Cobertura Vacinal           68,16%
 
GESTANTES
População          6.935
Doses Aplicadas               4.515
Cobertura Vacinal           65,10%
 
IDOSOS
População          63.259
Doses Aplicadas               56.362
Cobertura Vacinal           89,10%
 
TRABALHADORES  EM SAÚDE
População          16.796
Doses Aplicadas               13.616
Cobertura Vacinal           81,07%
 
PUÉRPERAS
População          1.140
Doses Aplicadas               806
Cobertura Vacinal           70,70%
 
PROFESSORES
População          8.740
Doses Aplicadas               5.379
Cobertura Vacinal           61,54%
 
PESSOAS COM COMORBIDADE
População          23.687
Doses Aplicadas               17.484
Cobertura Vacinal           73,81%
 
Fonte: Sipni/Datasus

 

Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »