03/05/2019 às 15h20min - Atualizada em 03/05/2019 às 15h20min

Vigilante de empresa é agredido e feito refém na zona rural de Uberlândia

Crime ocorreu na noite desta quinta-feira (2); autores ainda não foram encontrados

DA REDAÇÃO
Empresa fica localizada na MGC-452 na saída de Uberlândia para Araxá | Foto: Diário de Uberlândia
A Polícia Militar (PM) está à procura de três autores que tentaram assaltar uma empresa, na noite desta quinta-feira (2), às margens da MGC-452 na saída de Uberlândia para Araxá. O vigilante da propriedade, de 61 anos, sofreu agressões dos autores e foi feito refém durante o crime. 

O crime ocorreu por volta das 23h35 na área rural da cidade. O dono da empresa disse aos policiais que estava em casa quando o alarme da mesma tocou no celular. No caminho até a propriedade, ele encontrou uma viatura na avenida João Naves de Ávila e contou sobre a situação.

A PM e o proprietário se deslocaram para o local e encontraram o vigilante amarrado e amordaçado na cozinha. A vítima controu que os autores usavam capuz para esconder o rosto e estavam armados com pistolas.

Os assaltantes perguntaram pelo cofre da empresa e, no momento em que a vítima não respondeu, foi agredida por chutes nas costelas, amordaçada e amarrada no cômodo. O vigilante foi socorrido com fortes dores e levado até a Unidade de Atendimento Integrado (UAI) do bairro tibery. Os criminosos conseguiram fugir após soar o alarme e não levaram nada da empresa.

Os rastreamentos continuam para identificar e localizar os suspeitos da tentativa de assalto. 

Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »