02/05/2019 às 17h25min - Atualizada em 02/05/2019 às 17h25min

Colombiano morre após ser vítima de assalto ao deixar a Expozebu em Uberaba

Fato ocorreu na noite desta quarta-feira (1º); até o momento ninguém foi preso

FOLHAPRESS
Um pecuarista colombiano, de 53 anos, morreu depois de ter sido baleado dentro de um táxi na noite desta quarta-feira (1º), em Uberaba. Até o momento, ninguém foi preso.

De acordo com a ocorrência, a vítima, que integrava a associação de criadores de gado zebu da Colômbia, deixou o evento e tinha como destino um hotel da cidade mineira. O taxista contou que o colombiano pediu para ir a um endereço que ele não compreendeu, por não entender espanhol. Com isso, parou o carro em uma avenida do bairro São Benedito para ver em um aplicativo do celular o endereço desejado.

Neste momento, um motociclista parou ao lado da janela do veículos e, armado, anunciou o assalto. Ainda de acordo com o registro policial, a vítima se recusou a entregar o relógio que usava e tentou desarmar o assaltante.

Enquanto isso, um outro assaltante chegou ao local pela porta do motorista, desligou o carro e disse ao outro ladrão para atirar na vítima. Ele atirou no abdome do pecuarista, pegou o relógio e a dupla fugiu. A vítima chegou a ser socorrido ao Hospital de Clínicas da Universidade Federal do Triângulo Mineiro (UFTM) e passou por cirurgia, mas morreu nesta quinta-feira (2), às 10h05.

A Polícia Militar (PM) fez buscas na região do crime, mas não encontrou os assaltantes. O taxista foi ouvido na delegacia e liberado.

Arnaldo Manuel de Souza Machado Borges, presidente da
Associação Brasileira dos Criadores de Zebu (ABCZ), que organiza a Expozebu, decretou luto oficial até o fim do evento devido à morte do colombiano. "Em sinal de respeito, todas as bandeiras do parque Fernando Costa estão hasteadas a meio mastro e assim ficarão até o próximo domingo (5), quando termina a Expozebu", diz trecho de comunicado de Borges.

A ABCZ reforçou sua admiração ao trabalho desenvolvido pelo pecuarista no reconhecido criatório Hacienda Rancho Pando. "Tanto que se interessou pela participação em nossa Expozebu, em especial no compartilhamento de experiências e busca por conhecimento para aprimoramento da seleção. É inaceitável assistirmos a tamanho ato de violência e ver que ela se torna um obstáculo para aqueles que lutam pelo desenvolvimento de seus países e, principalmente, pela nobre missão de alimentar o mundo".
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »