29/04/2019 às 09h52min - Atualizada em 29/04/2019 às 09h52min

Ex-policial morre depois de bater de frente a outro carro na MGC-497

Batida ocorreu neste domingo (28) próximo a Uberlândia; outros três adultos e um bebê foram socorridos pelos bombeiros

VINÍCIUS LEMOS
Um policial militar aposentado morreu e outras quatros pessoas ficaram feridas depois de uma colisão na MGC-497, já no Município de Uberlândia, durante a tarde desse domingo (28). Uma das pessoas feridas estava em estado grave e precisou ser levada para o Hospital de Clínicas da Universidade Federal de Uberlândia (HC-UFU). A rodovia ficou fechada por uma hora pelo menos após a batida.

Segundo o que foi passado à Polícia Militar Rodoviária por uma das ocupantes de um veículo envolvido, o carro do ex-militar Hildevaldo Alves de Moura invadiu a pista contrária enquanto ia sentido à cidade de Prata. Ele teria perdido o controle do automóvel na altura do KM 15 da MGC-197 e bateu de frente ao outro carro, que se deslocava sentido Uberlândia. Não se sabe o que pode ter feito o condutor invadido a pista contrária. O militar da reserva morreu no local. Hildevaldo de Moura foi sargento da Polícia Militar e antes de se aposentar era lotado no 32º Batalhão da corporação em Uberlândia.

No outro veículo estavam mais quatro pessoas, incluindo um bebê de apenas um ano, e todos se feriram. Três deles tiveram ferimentos menos graves e foram encaminhados para a Unidade de Atendimento Integrado (UAI) do bairro Planalto. Com traumatismo, a quarta ferida foi encaminhada para o HC-UFU, vindo a receber alta horas depois.

O trânsito ficou fechado por mais de uma hora nos dois sentidos da rodovia para retirada dos carros do local do acidente. Muitos motoristas usaram um desvio para sair da MGC-497 e chegar a Uberlândia, já no início da noite de domingo.
 
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »