26/04/2019 às 17h22min - Atualizada em 26/04/2019 às 17h22min

Hospital promove testes oculares preventivos em Uberlândia

Cidade tinha 103.505 pessoas com deficiência visual até o último censo; serviço é gratuito neste sábado (27)

NÚBIA MOTA
Uberlândia tem hoje, segundo o último censo feito pelo IBGE, em 2010, 103.505 pessoas com deficiência visual, sendo que 1.842 delas são totalmente cegas e 17.654 têm grande dificuldade de enxergar. No entanto, muitas dessas doenças oculares e até mesmo a cegueira poderiam ser evitadas com exames de prevenção, diagnóstico precoce e alguns tratamentos.

Por isso, este mês foi escolhido para conscientizar a população sobre os cuidados essenciais com a saúde dos olhos durante a Campanha Nacional Abril Marrom. No próximo sábado (27), de 8h às 12h, no Quiosque Central do Parque do Sabia, terá um evento gratuito com testes, exames e orientações, promovido pelo hospital Iso Olhos.

De acordo com o oftalmologista Mário Carvalho, 80% das causas da cegueira são evitáveis. Por isso, a importância de se visitar um especialista, pelo menos uma vez ao ano, em todas as fases da vida, principalmente depois dos 40 anos e sobretudo após os 60, para descobrir problemas sérios na visão na fase inicial, quando ainda há possibilidades de cura. “Uma vez detectadas precocemente, tais condições podem ser tratadas em fases iniciais, evitando perdas irreversíveis da visão”, disse o médico.

As principais patologias que levam a cegueira não-reversível são glaucoma, que é uma lesão no nervo ótico, normalmente associada ao aumento da pressão intraocular causando perda gradual da visão; retinopatia diabética, uma complicação que ocorre quando o excesso de glicose no sangue danifica os vasos sanguíneos dentro da retina; e degeneração macular relacionada a idade (DMRI), geralmente em pessoas acima de 50 anos.

“As doenças vão aparecer independentemente da classe social, a população está envelhecendo e com isso está acontecendo bem mais esses tipos de doença. Por isso, é preciso se informar, saber que é possível se prevenir e como é importante o exame oftalmológico nas diferentes fases da vida”, disse a oftalmologista Aline Silva Lobato.

Durante o evento de sábado, que faz parte do programa social ReviVER, serão oferecidos exames gratuitos para avaliar o risco das pessoas serem portadoras de glaucoma. A avaliação inclui a medição da pressão intraocular (tonometria) e testes de risco de ser portador da doença. Para isso, 15 profissionais da equipe do hospital, entre médicos, enfermeiros e atendentes clínicos estarão presentes para testes de acuidade visual e também para orientar a população sobre cuidados preventivos e medidas de tratamento para as principais doenças que causam a cegueira.
 
SERVIÇO
O quê: Abril Marrom
Quando: dia 27 de abril (sábado)
Onde: Quiosque Central do Parque do Sábia - das 8h às 12h
Quanto: Gratuito
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »