23/04/2019 às 07h58min - Atualizada em 23/04/2019 às 07h58min

Rapidinhas

Saiba o que acontece no mundo dos famosos

LUTO
A atriz Gisele Itié lamentou a morte de seu ex-namorado, Rodrigo Gimenes, com quem teve um relacionamento entre 2011 e 2012. Ela usou as mídias sociais para desabafar sobre a partida do rapaz. A causa da morte não foi divulgada. "Hoje ele partiu. Só minha alma sabe o quanto preciso de luz", escreveu. Rodrigo é o segundo ex-namorado que Gisele perde em um intervalo de três meses. Em 23 de janeiro deste ano, morreu o ator Caio Junqueira, com quem namorou durante sete meses, em 2016. O ator sofreu um acidente de carro no Rio.

DIVÓRCIO
A cantora Adele pode ter de dividir a fortuna de R$ 740 milhões com o agora ex-marido, Simon Konecki. O casal terminou um casamento de sete anos. De acordo com o “Daily Mirror”, o ex-casal não fez nenhum contrato antes de subirem ao altar, em 2016. O veículo informa que fontes próximas a Adele confidenciam que a relação de ambos estava se arrastando já havia algum tempo. Enquanto a cantora adorava sua nova vida nos Estados Unidos, sempre rodeada de amigas, Konecji preferia morar no Reino Unido mais perto de seus familiares. Dois meses antes de a separação acontecer, Adele, segundo o “Radar Online”, deu uma casa para ele para que pudesse se hospedar nos momentos em que quisesse visitar o filho do casal, Angelo. Por mais que tenham ido cada um para um lado, ambos continuam amigos e devem criar o menino juntos. Há quem duvide de que Konecji brigue pelo dinheiro da ex, já que é tão rico quanto ela.

TENTATIVA DE BOICOTE


Foto: Divulgação


O ator Johnny Depp teria tentado fazer com que os estúdios DC excluíssem sua ex-mulher, Amber Heard, do papel de Mera, a rainha da nação submarina do longa "Aquaman". As informações são do “Hollywood Reporter”. Segundo a publicação, o caso aconteceu em 2016, mas só veio a público agora. Depp junto com seu advogado teriam tentado convencer os diretores a tirarem o papel da atriz. O ex-diretor da franquia, Kevin Tsujihara, será intimado a testemunhar para deixar claro se ele esteve à frente desse plano de Depp. A separação entre Johnny Depp e Amber Heard aconteceu em 2016, exatamente um mês depois do pedido de Depp a Tsujihara. Na ocasião, a separação deu muito o que falar, e Amber pediu à Justiça uma ordem de restrição contra o ex. Recentemente, o ator entrou com uma ação contra Amber por difamação. Ele quer receber o equivalente a quase R$ 200 milhões. Ele alega que as acusações de abuso contra ele são falsas. Para piorar a situação, Depp pode ser cortado do próximo filme da franquia "Animais Fantásticos", segundo o “Page Six”. Fãs estariam pressionando a produção para que ele saia.
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »