30/03/2019 às 08h00min - Atualizada em 30/03/2019 às 08h00min

​Femec recebe visita de Zema no último dia de evento em Uberlândia

Governador compareceu à feira para falar sobre a importância do agronegócio

MARIELY DALMÔNICA
Governador falou sobre importância do setor para Minas | Foto: Mariely Dalmônica
O governador de Minas Gerais, Romeu Zema, compareceu a Feira do Agronegócio de Minas Gerais (Femec) 2019, no Parque de Exposições do Camaru em Uberlândia, nesta sexta-feira (29), antes do encerramento do evento. Para Zema, o agronegócio é muito importante para o atual governo.

A Femec é uma das maiores feiras do país e a oitava edição deve ser finalizada com mais de R$ 350 milhões em negócios e quase 70 mil visitantes.

Antes de visitar os estandes, o governador fez um breve pronunciamento à imprensa e afirmou que está trabalhando em mudanças para que os produtores evitem burocracias do Estado. “O que assistimos nos últimos anos foi uma proliferação de regras, de regulamentos, que só complicam a vida de quem produz. Estamos fazendo o possível e o impossível para que o ambiente de agronegócios melhore”, disse o governador.

De acordo com Zema, Uberlândia tem servido como modelo para outras regiões do estado, principalmente na área de segurança pública. “A região tem sido um exemplo em se evitar invasões de propriedades privadas. Estamos estendendo para todo o estado o que tem sido feito aqui. Fico feliz de o Triângulo Mineiro ser tão desenvolvido”, disse. Segundo o governador, o Estado deve passar por mudanças nos próximos meses.

“Saíram os resultados do Caged [Cadastro Geral de Empregados e Desempregados] em fevereiro. Minas Gerais criou 26 mil empregos neste mês, perdemos apenas para São Paulo. Com toda certeza esses números irão se repetir.”

Zema também disse que uma série de projetos em parceria com o setor privado irão surgir durante seu mandato. “O estado, infelizmente, não tem recurso. Estamos com dificuldade de comprar remédios de uso contínuo para pessoas que dependem deles para ter uma vida satisfatória”, afirmou.
 
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »