30/03/2019 às 09h00min - Atualizada em 30/03/2019 às 09h00min

PSDB pensa em disputar a Prefeitura de Uberlândia em 2020

Partido faz convenção neste domingo (31) com vereador Hélio Ferraz em chapa única à presidência

VINÍCIUS LEMOS
Filiados ao PSDB participarão da convenção neste domingo (31) em Uberlândia | Foto: Vinícius Lemos
Com chapa única, encabeçada pelo atual presidente da Câmara Municipal de Uberlândia, Hélio Ferraz, o Baiano, filiados ao Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB) participarão da convenção neste domingo (31), que irá oficializar o novo diretório municipal da legenda. O candidato e provável futuro presidente da legenda disse que o momento é de aumentar a participação no Legislativo local e não descarta o partido lançar candidatura própria nas eleições municipais no próximo ano.

Além de Hélio Ferraz, a chapa traz o ex-presidente do Sindicato Rural de Uberlândia Thiago Fonseca como vice e o empresário e economista Leonardo Baldez como tesoureiro. Antônio Carrijo segue como líder do partido na Câmara. A convenção acontece entre 9h e 16h na sede do PSDB na cidade, que fica na Rua Caxambu, 304, bairro Osvaldo Resende. Os eleitos tomam posse imediatamente no dia da realização da convenção.

Segundo Baiano, o partido pretende se renovar depois de resultados abaixo do esperado no pleito de 2018. “Queremos aumentar o número de vereadores em Uberlândia. Eu acredito que o PSDB é um partido de diálogo, vamos reacender a chama da social democracia. Vamos fortalecer as comissões em busca de novas lideranças”, afirmou, citando, entre outras, as comissões Jovem e da Mulher.
 
CANDIDATO PRÓPRIO
 
Historicamente ligado ao grupo do prefeito Odelmo Leão (PP), o PSDB, de acordo com Hélio Ferraz, pode ter um nome para cabeça de chapa às eleições municipais em 2020. Baiano não crava que isso seja uma certeza, entretanto dá sinais da vontade do partido, mesmo que Leão possa disputar mais um mandato como prefeito.

Questionado sobre Thiago Fonseca, ele disse que o ruralista é um bom nome. “(Fonseca) está maduro e tem penetração no meio empresarial. É uma grande reserva. Acredito que o PSDB tentará uma situação de buscar candidatura própria. Tudo é possível, mas é bem conversado. Nós não temos vaidade nenhuma, mas não abrimos mão de governabilidade”, disse Hélio Ferraz.

Ele reconhece que a discussão sobre uma candidatura própria ainda terá que passar pelo aval dos filiados ao partido, e dentro do próprio grupo político do qual o partido está inserido. Em entrevista ao Diário, Thiago Fonseca foi mais cauteloso e negou que vá se candidatar. “Fui convidado pelo deputado Luiz Humberto (para a chapa do PSDB), mas isso nunca me passou pela cabeça. Eu acho que mais é critério especulativo. Não está nos meus projetos”, disse.

Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »