21/02/2019 às 08h26min - Atualizada em 21/02/2019 às 08h26min

Prosseguimento da Operação Éden prende vice-diretor de escola estadual em Uberlândia

Homem é suspeito de integrar organização criminosa que praticava crimes de corrupção

DA REDAÇÃO
Homem foi preso em Uberlândia e encaminhado ao presídio de Araxá | Foto: Vídeo Polícia Civil/Divulgação
A Polícia Civil de Araxá prendeu, na tarde desta quarta-feira (20), o vice-diretor da Escola Estadual René Gianetti em Uberlândia. A prisão é decorrente do prosseguimento da "Operação Éden", que investiga atos de corrupção na cidade de Santa Rosa da Serra, no Alto Paranaíba.

A PC acredita que o homem integrava a organização criminosa que praticava crimes de corrupção ativa e passiva, além de prevaricação. O suspeito trabalhou na gestão da ex-prefeita, Cleide Maria Ferreira Rangel, na cidade do Alto Paranaíba. De acordo com informações da Polícia Civil, ele confeccionava notas fiscais para beneficiar todo o esquema corrupto.

Ainda segundo a PC, o mandado de prisão contra o vice-diretor foi cumprido dentro da escola estadual. Ele foi abordado e preso pelos policiais e encaminhado para Araxá, onde ficará em prisão temporária. Um interrogatório será realizado ainda nesta quinta-feira (21) para a obtenção de mais informações.

A OPERAÇÃO

Deflagrada em maio de 2017, a Operação Éden investiga atos de corrupção praticados em Santa Rosa da Serra, durante o mandato de Cleide Maria Ferreira Rangel, entre 2013 e 2016. Entre os investigados estão o marido da ex-prefeita, Ronaldo Rangel, o ex-presidente da Câmara, Edilon dos Reis Silva e os vereadores Vanderlei dos Santos e Geraldo Ribeiro Lima.

Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »