25/01/2019 às 07h46min - Atualizada em 25/01/2019 às 07h46min

Receita flagra alvo descartando prova

Material estava em caçamba de veículo de empresa | Foto: Imprensa/MG
A equipe da Receita Estadual flagrou um dos alvos da operação "Minha casa, meu milhão", desencadeada na quarta-feira (23), tentando destruir documentos que podem ser importantes na investigação de sonegação fiscal. O flagrante ocorreu em um depósito de material de construção em Uberaba.

A operação foi realizada em sete cidades do Triângulo Mineiro, incluindo Uberlândia, e em uma de Goiás. O objetivo foi combater sonegação de impostos no setor de comércio varejista de material de construção civil. Segundo estimativas, os danos ao erário causados pelas empresas giram em torno dos R$ 40 milhões.

Em Uberaba, a documentação descartada estava na caçamba do caminhão de um dos depósitos de material de construção investigados no esquema de fraude. Acionados por meio de denúncia anônima, os auditores fiscais, com apoio da Polícia Militar, interceptaram o veículo e apreenderam a carga, que foi levada para a sede da Superintendência Regional da Fazenda em Uberaba.

Os documentos estavam parcialmente danificados pela chuva, mas ainda em condições de serem auditados. Foi constatado, a princípio, que são tanto documentos fiscais quanto extrafiscais. Um Termo de Apreensão foi lavrado.

Além de responder pelos crimes fiscais que estão sendo apurados pela operação "Minha casa, meu milhão", a empresa está sujeita a outra denúncia, por se enquadrar no artigo 305 do Código Penal, por tentativa de destruição de provas.
 
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »