24/01/2019 às 07h59min - Atualizada em 24/01/2019 às 07h59min

Sindicato Rural fecha parceria com o BB

Produtores terão melhores condições para fechar financiamentos

FERNANDA PARANHOS
Gerente executivo de Agro do Banco do Brasil, Felipe Zanella, destaca agilização do processo para o produtor | Foto: Ascom/SRU
A partir deste ano, a Feira do Agronegócio Mineiro (Femec) fará parte do calendário oficial de eventos parceiros do Banco do Brasil. A parceria foi oficializada na sede do Sindicato Rural de Uberlândia, ontem, onde representantes regionais da agência, produtores rurais e membros da diretoria do sindicato estiveram presentes. Uma vez parte deste circuito de eventos do agronegócio do Banco, a Femec ganha mais representatividade nacionalmente e deve atrair mais expositores.

Segundo o diretor do Sindicato Rural, João Carlos Semenzini, a partir desta parceria, a expectativa de crescimento da Femec passa a ser de 15% em relação ao ano passado. “O Banco do Brasil está vindo para engrandecer o evento, para fortalecer e para fazer grandes negócios para o produtor rural. Todas as ferramentas que o banco dispunha para financiamento nas grandes feiras do país estarão na Femec também este ano”.

A partir dessa parceria, o pequeno, médio e grande produtor rural que for à próxima edição da Femec, além de preços de fábrica de maquinários, insumos e outros produtos, terá a oportunidade de fechar contratos de financiamentos com os próprios representantes da instituição financeira que também estarão presentes. Felipe Zanella, gerente executivo da diretoria de agronegócio do Banco do Brasil, afirma que o objetivo principal desta iniciativa é de agilizar processos, evitando, inclusive, que o produtor precise ir a uma agência para ter seu financiamento aprovado. “Se o produtor ver um equipamento [por exemplo] e der negócio, a empresa encaminha a proposta ali mesmo para o Banco do Brasil através de um convênio que a gente chama de Esteira Agro”, explica Zanella.

O gerente reitera que os produtores que vêm na FEMEC uma oportunidade de investimento, devem, desde já, organizar seus cadastros e analisar seus limites de créditos a fim de garantir uma agilidade ainda maior do processo que será oferecido na feira. Zanella acredita que esta parceria deve continuar nos próximos anos porque o Banco do Brasil acredita que a região é representativa no universo do agronegócio. “Estamos fazendo uma bela organização para que a feira seja um sucesso do ponto de vista de negócios para todos: para o produtor que busca tecnologia e novidades, para os parceiros, as revendas de tecnologia e para o Banco do Brasil que vai ser o vetor, ligar estes pontos através das linhas de crédito”.
 
FEMEC 2019
 
A FEMEC fará parte de uma das 50 feiras de agronegócio que o Banco participará em 2019. A feira vai acontecer no Parque de Exposições Camaru, de 26 a 29 de março. O evento movimentou R$ 230 milhões em 2018 e, de acordo com os organizadores, deve receber de 50 a 60 mil pessoas nos três dias. João Carlos Semenzini acredita que o incentivo trazido pela parceria com o Banco do Brasil também será um atrativo neste ano e fará jus ao pressuposto divulgado por eles, de que na ocasião os profissionais do agronegócio devem fechar a melhor compra. “A FEMEC faz parte de uma tradição não só de Uberlândia, mas de todo o estado de Minas Gerais. Queremos manter isso fazendo com que produtor rural tenha a melhor condição de compra aqui”.
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »