05/01/2019 às 07h10min - Atualizada em 05/01/2019 às 07h10min

230 documentos aguardam retirada nos correios

Estatal conta com achados e perdidos, que não é muito divulgado

VINÍCIUS LEMOS
Procura por parte daqueles que perderam a documentação tem sido baixa | Foto: Vinícius Lemos
Em Uberlândia, os Correios têm cerca de 230 documentos perdidos aguardando para serem entregues aos donos. O serviço de Achados e Perdidos oferecido pela estatal recebeu, só no ano passado, mais de 2,3 mil cédulas no município, mas a procura por parte daqueles que perderam a documentação tem sido baixa.

Para ajudar o cidadão a encontrar seu documento, os Correios oferecem o serviço em todas as agências centrais do país. A consulta da relação de documentos disponíveis para retirada pode ser feita em qualquer unidade central de cada cidade ou no site da instituição (correios.com.br). Em Uberlândia, a agência central fica na avenida Getúlio Vargas, 299, Centro. Entretanto, como explicou o gerente da agência, Alexandre de Lima Silva, a busca pela internet é mais efetiva, já que ela faz a verificação em qualquer unidade do País.

Instituído há mais de 30 anos, o serviço tem como objetivo encurtar o tempo e reduzir o custo da busca por documentos perdidos. Mensalmente, em todo o Brasil, mais de 20 mil documentos são disponibilizados para retirada, no entanto, apenas 3% deles são procurados e devolvidos aos proprietários. Em Uberlândia não é diferente, já que dos 2.321 documentos entregues aos Correios no município, apenas 98 deles foram procurados pelos donos. “Existe o fator de desconhecimento, mas também a questão de prazo, já que por vezes as pessoas têm urgência em recuperar a documentação e tiram uma segunda via. Nesse meio tempo a cédula pode estar sendo entregue na agência central da cidade”, disse Alexandre de Lima.

ENTREGA

Aqueles que encontrarem documentos de terceiros podem depositá-los no guichê de qualquer agência dos Correios ou em caixas de coleta. Uma vez recebidos, os documentos são acondicionados em envelopes e guardados, e remetidos às agências centrais de cada Município. Eles ficam disponíveis para retirada durante 60 dias. Após o prazo, os documentos são remetidos ao órgão emissor. Caso sua documentação seja encontrada em uma cidade diferente, você pode requerer o envio a uma unidade dos Correios mais próxima.

Para retirar o documento perdido, o cidadão deve apresentar outro documento que comprove sua titularidade e pagar uma tarifa de R$ 5,70. Cédulas sob a guarda dos Correios só poderão ser entregues aos proprietários ou seus representantes legais, devidamente reconhecidos.

Importante destacar que o serviço de Achados e Perdidos do Correios recebe apenas documentos oficiais, que são expedidos por órgãos governamentais, como RGs, CPFs e CNHs.

Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »