13/12/2018 às 08h06min - Atualizada em 13/12/2018 às 08h06min

Mutirão de saúde terá foco na terceira idade

Acontece nesta sexta-feira, na Arena Sabiazinho, o 1º Mutirão de Saúde da Pessoa Idosa, que terá como foco a identificação e cadastramento de quem já está na terceira idade, indicadores essenciais traçar planos de ação que otimizem o atendimento destinado a esse público.

Denominado Trem do Idoso, o mutirão é um processo que ajudará as equipes a atuar de forma integrada para conferir ainda mais qualidade de vida, autonomia e
independência à pessoa idosa. As atividades acontecem das 8h às 13h.

Segundo a coordenadora das Redes Temáticas da Secretaria Municipal de Saúde, Ione Aparecida Silva, cada unidade levará cinco idosos para vivenciar a atividade. “Inicialmente, teremos 500 pessoas com mais de 60 anos participando do projeto. Elas serão acompanhadas por ‘padrinhos’ durante a ação proposta, que prevê a passagem por 12 estações de atenção posicionadas no interior da arena”, explicou.

Ainda de acordo com a coordenadora, a atividade servirá de exemplo para as equipes de saúde, que deverão replicar o trabalho daqui para frente. O objetivo é que profissionais coloquem em prática a metodologia apresentada e, já capacitados, possam fazer o processo de identificação, cadastramento, avaliação e elaboração do plano de cuidados dos idosos da área de cobertura de cada unidade do Município. “As equipes trabalham sempre focadas nas orientações do projeto Qualifica  SaUDI, que busca ampliar o acesso de toda população ao atendimento básico de saúde. O Trem do Idoso vem para aprimorar esse programa com foco nos idosos, dando ainda mais força ao nosso propósito de cuidar de quem precisa”, acrescentou Ione.
 
COMO FUNCIONA 

Ao chegar na arena, o idoso passará pela 1ª estação, onde será submetido ao credenciamento e receberá a Caderneta de Saúde da Pessoa Idosa. Ali começam as avaliações para identificar a classificação de risco de cada um.  Da 2ª à 4ª estação, são feitas as verificações da condição da pessoa idosa, como cálculo do Índice de Massa Corporal (IMC), medida da panturrilha, avaliação da velocidade da marcha e a aplicação do Índice de Vulnerabilidade Clínico-funcional.
Da 5ª a 12ª, serão abordados os cuidados com os idosos, como prevenção de quedas e uso de medicamentos, importância da alimentação saudável e da saúde bucal entre outras orientações. O mutirão será acompanhado pelo consultor do Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass), geriatra responsável pela coordenação e revisão geral da Caderneta de Saúde da Pessoa Idosa, Edgar Nunes de Moraes.
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »