28/11/2018 às 08h22min - Atualizada em 28/11/2018 às 08h22min

Última rodada terá luta de 6 times contra Z4

FOLHAPRESS
Passados exatos 227 dias desde que a bola rolou pela primeira vez pelo Campeonato Brasileiro de 2018, restam apenas 90 minutos (mais acréscimos) para que a competição chegue ao fim. Mesmo com o título já nas mãos do Palmeiras e dois clubes rebaixados (Paraná e Vitória), a 38ª rodada, que será disputada no próximo final de semana -com dois jogos no sábado (1º), às 19h, e oito no domingo (2), às 17h-, ainda definirá as brigas por Libertadores, Sul-Americana e contra o rebaixamento.

O São Paulo, que na segunda (26) empatou com o Sport em 0 a 0, vai a Santa Catarina enfrentar a Chapecoense. A equipe são-paulina está empatada com o Grêmio (4º colocado) com 63 pontos, mas tem menos vitórias (17 contra 16) e saldo de gols (20 a 13) que o tricolor do Rio Grande do Sul. Portanto, para garantir a quarta e última vaga direta na fase de grupos da Libertadores, precisará vencer e torcer para que o Grêmio empate ou perca, ultrapassando os gaúchos na tabela.

Já o Corinthians, sem chances de cair ou ir para a Libertadores, terá pela frente justamente o Grêmio, em Porto Alegre, para tentar assegurar um lugar na Copa Sul-Americana, torneio que receberá os times que terminarem da 7ª colocação ao 13º lugar no Brasileiro. Em 12º, o time de Jair Ventura garante a classificação com uma vitória. Se empatar, o Corinthians dependeria dos resultados de Ceará, Fluminense e Vasco (respectivamente 13º, 14º e 15º), podendo perder a vaga em caso de vitória de dois desses três times. Se eles forem os dois primeiros, os paulistas dão adeus à vaga na Sul-Americana. Se um dos vencedores for o time de São Januário, a disputa seria no critério de desempate, atualmente com vantagem de sete gols no saldo para os corintianos.

Na luta contra o rebaixamento ainda estão Fluminense, Vasco, Chapecoense, América-MG e Sport. Se nada mudar na tabela, estes últimos dois times cairiam. Os dois primeiros se salvam com um empate, pois América-MG (17º) e Fluminense (14º) fazem duelo direto. O time de Alberto Valentim, por sua vez, só cai se perder e contar com uma combinação de resultados que tenha vitórias de duas equipes entre mineiros, pernambucanos e catarinenses.

O América-MG, por sua vez, só depende de si, já que a vitória o salva do descenso. Em caso de empate, precisa que o time de Chapecó perca para o São Paulo e o Sport tropece diante do Santos. Quem tem a missão mais complicada é o Sport, que precisa de pelo menos um empate do América-MG e uma derrota da Chape para se salvar. Uma disputa entre Atlético-MG e Atlético-PR decidirá a vaga restante para a primeira fase da Libertadores de 2019.
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »