30/10/2018 às 08h03min - Atualizada em 30/10/2018 às 08h03min

Zema foi o mais votado em 833 cidades

Governador eleito recebeu a segunda maior votação da história em Minas Gerais, só perdendo para Aécio em 2006

WALACE TORRES
Foto: Divulgação
Além de uma virada na reta final de campanha, saltando de uma terceira colocação nas pesquisas de intenção de votos divulgadas no primeiro turno – e tirando uma diferença de mais de 10 pontos percentuais para o então segundo colocado Fernando Pimentel (PT), a vitória de Romeu Zema (Novo) no último domingo também ficou marcada pelo aumento da votação em todo o Estado. O resultado obtido frente ao adversário do segundo turno, Antonio Anastasia (PSDB), foi o segundo melhor na história recente para o Governo Minas Gerais .

Romeu Zema obteve 71,80% dos votos válidos no Estado - 6.963.806 eleitores depositaram seu voto no empresário de Araxá. O montante de votos dado a um candidato em Minas só foi menor do que na eleição de 2006, quando Aécio Neves (PSDB) foi reeleito com 77,03% dos votos válidos (na época foram mais de 7,4 milhões de votos para o tucano).

A votação verificada por localidade explica o êxito de Zema nas urnas. Segundo levantamento feito pela reportagem do Diário, o candidato do Novo venceu em 833 municípios, ou seja, seu adversário Anastasia foi o mais votado em apenas 20 dos 853 municípios mineiros.

Considerando o corte do Estado por territórios, Zema foi o mais votado em todas as 12 mesorregiões. No Triângulo Mineiro e Alto Paranaíba ele obteve o maior percentual do Estado, 85,50% dos votos válidos.
Ainda em termos percentuais, o município de Iraí de Minas foi o que deu a maior votação percentual ao governador eleito, 96,06% dos votos válidos. O segundo maior percentual foi alcançado em sua terra natal. Ao todo, 95,60% dos araxaenses que compareceram às urnas e declararam voto num dos concorrentes escolheram o conterrâneo.

Em outras nove cidades, Romeu Zema também alcançou mais de 90% dos votos válidos. Todas elas, na área do Triângulo e Alto Paranaíba.
 
UBERLÂNDIA
 
Dentre os 10 maiores colégios eleitorais do Estado, Uberlândia foi onde Zema obteve a maior proporção dos votos válidos, 86,6%. Foram 286.348 votos dados na cidade ao candidato eleito, enquanto Anastasia recebeu 44.320 votos na cidade. O senador tucano teve menos votos agora do que no primeiro turno, quando recebeu 49.617 votos em Uberlândia.

A abstenção na cidade entre o primeiro e segundo turnos cresceu de 14,49% (67.501 eleitores) para 15,28% (71.189). Já o total de votos em branco e nulo foi menor agora (16,21%) do que no primeiro turno (22,27%).
 
BOLSONARO
 
O presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL) também predominou entre o eleitorado uberlandense. Foram 218.367 votos (63,03%) ao capitão reformado ante 128.070 votos (36,97%) para Fernando Haddad (PT). Pelo menos 7.662 eleitores (1,94%) da cidade votaram em branco para presidente e outros 40.889 anularam o voto (10,35%).
 
HISTÓRICO DAS ELEIÇÕES PARA GOVERNADOR
 
Eleições 2014
Fernando Pimentel (PT) 52,98%
Pimenta da Veiga (PSDB)             41,89%
 
Eleições 2010
Antonio Anastasia (PSDB)            62,72%
Helio Costa (PMDB)        34,18%
 
Eleições 2006
Aécio Neves (PSDB)        77,03%
Nilmário Miranda (PT)   22,03%
 
Eleições 2002
Aécio Neves (PSDB)        57,68%
Nilmário Miranda (PT)   30,73%
 
Eleições 1998

Itamar Franco (PMDB)  57,62%
Eduardo Azeredo (PSDB)             42,38%
 
Eleições 1994
Eduardo Azeredo (PSDB)             58,65%
Helio Costa (PMDB)        41,35%
 

SEGUNDO TURNO EM UBERLÂNDIA 
Governador

Romeu Zema (Novo)      286.348 (86,60%)
Antonio Anastasia (PSDB)            44.320 (13,40%)
Brancos               11.389 (2,89%)
Nulos    52.570 (13,32%)
 
Presidente
Jair Bolsonaro (PSL)        218.367 (63,03%)
Fernando Haddad (PT)  128.070 (36,97%)
Brancos               7.662 (1,94%)
Nulos    40.889 (10,35%)
Abstenção          71.228 (15,28%)
 

CIDADES COM MAIORES PERCENTUAIS DE VOTOS EM ROMEU ZEMA

Iraí de Minas     96,06%
Araxá    95,60%
Pratinha              92,25%
Tapira   92,15%
Perdizes              91,51%
Santa Rosa da Serra        91,19%
Abadia dos Dourados     90,98%
Iturama               90,90%
Sacramento       90,86%
Monte Carmelo 90,83%
Ibiá        90,69%
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »