16/10/2018 às 07h48min - Atualizada em 16/10/2018 às 07h48min

Bombeiros fiscalizam depósitos de materiais

MARIELY DALMÔNICA
O Corpo de Bombeiros realizou ontem uma fiscalização em 14 empresas de materiais recicláveis em Uberlândia. A operação teve como objetivo evitar acidentes em ambientes que possuem materiais inflamáveis, além de verificar a data de validade de extintores, fiscalizar hidrantes e saídas de emergência. Doze empresas foram vistoriadas durante a manhã e duas receberam a visita de uma equipe dos bombeiros à tarde. Uma multa foi aplicada.

De acordo com o sargento Josiel Oliveira, a iniciativa surgiu porque a incidência de incêndios neste tipo de estabelecimento é alta. “Fizemos um levantamento dos empreendimentos, é como uma prevenção. A princípio aplicamos multas para as empresas que já estavam notificadas, mas quem não tinha nenhuma multa recebeu apenas uma notificação e tem um prazo para se regularizar”, afirmou.

Segundo o sargento, o valor da multa é calculado de acordo com o tamanho do empreendimento. “Boa parte dos estabelecimentos tinha alguma irregularidade, mas nenhum local precisou ser interditado. Uma empresa foi multada, duas estavam regularizadas e as demais foram notificadas. Às vezes existe irregularidade até mesmo no uso, o estabelecimento está nomeado como indústria e é um depósito, por exemplo”, disse.

As principais irregularidades encontradas foram extintores de incêndio vencidos, ausência de sinalização de emergência e falta de documentos de licenciamento junto ao Corpo de Bombeiros. Ainda de acordo com o sargento, as empresas que receberam a notificação têm até 60 dias para se estabelecerem. “A partir do 61º dia vamos ao local, e caso não esteja regularizado, damos uma nova multa. Depois de 90 dias, o valor da multa é dobrado”, afirmou.
 
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »