18/07/2018 às 16h30min - Atualizada em 18/07/2018 às 16h30min

Bebê com o cordão umbilical é encontrado abandonado

Menina estava enrolada em um lençol em frente a uma casa no assentamento Santa Clara

CAROLINA PORTILHO | REPÓRTER

Um bebê ainda com o cordão umbilical foi encontrado abandonado na manhã de ontem no assentamento Santa Clara, em Uberlândia. A recém-nascida foi localizada pela comerciante Eliana Borges Marim, 48 anos, que ao sair de casa a encontrou em cima de uma pilha de tijolos e enrolada em um lençol.

“Assim que eu saí de casa para trabalhar me deparei com a situação. Inicialmente achei que era um brinquedo, mas logo depois vi um pé e imaginei que era uma boneca. Quando cheguei mais perto o pezinho se mexeu. Corri para casa, peguei uma toalha e chamei minha filha para pegarmos o carro e assim socorrê-la. Ela estava durinha e não chorava. Achei até que não estava mais vida”, disse emocionada Eliana.

A comerciante foi orientada pela Polícia Militar (PM) a encaminhar o bebê para uma unidade de saúde, sendo a mais próxima a Unidade de Atendimento Integrado (UAI) do bairro Morumbi. Ainda segundo a PM, a recém-nascida estava com hipotermia, sendo transferida para o pronto-socorro do Hospital de Clínicas da Universidade Federal de Uberlândia (HC-UFU).

A médica que fez o atendimento, segundo o boletim de ocorrência, disse que a menina tinha nascido há poucas horas, pesava 2,765 quilos e não corria risco de morte. “Não dá para acreditar que alguém pode fazer uma loucura como essa. Não acho explicação, até porque não tem, para terem abandonado a menina, tão indefesa. Minha revolta e meu interesse nela é maior ainda”, disse Eliana que tem três filhos e quatro netos.

A reportagem do Diário de Uberlândia conversou com o promotor da Vara da Infância e Juventude, Epaminondas da Costa, que informou que a criança permanece internada no HC-UFU recebendo todos os cuidados. Ele disse ainda que após alta ela não pode ser entregue para ninguém até que ocorra o encaminhamento da Vara.
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »