28/05/2018 às 12h28min - Atualizada em 28/05/2018 às 12h28min

Seis postos atenderam população nesta segunda-feira (28)

Filas quilométricas se formaram na cidade

VINÍCIUS LEMOS | REPÓRTER
Fila para abastecer no posto do bairro Novo Mundo se aproximou da UFU, no Santa Mônica | Foto: Vinícius Lemos
 
Seis postos em Uberlândia receberam gasolina entre a noite de domingo (27) e a madrugada desta segunda-feira (28), e com venda racionada, filas de mais de cinco quilômetros se formaram. O combustível saiu do terminal da Petrobras sob escolta policial e do Exército. A venda foi garantida ainda no domingo sob uma recomendação dos ministérios públicos Estadual (MPE) e Federal (MPF), que pedia o atendimento à população.

Os postos que comercializaram combustíveis nesta segunda-feira estão nos bairros Jardim Europa, Alto Umuarama, Novo Mundo e Jardim das Palmeiras, além de dois no bairro Roosevelt. A média de recebimento foi de 10 mil litros de gasolina em cada um, sendo que o início do atendimento aconteceu entre a madrugada e a manhã de hoje.

Todos os postos, obrigatoriamente, reservaram uma bomba para que viaturas, veículos do Município e mesmo de profissionais da segurança e saúde pudessem abastecer os próprios carros. O limite era entre 20 e 30 litros por veículo, o que variava de acordo com os postos.

A previsão era de que ainda no início da tarde os estoques se esgotassem. Ainda no início da manhã, no posto no Alto Umuarama, o volume de combustível a ser vendido já estava baixo, uma vez que o atendimento começou durante a madrugada, pouco depois das 3h, horário no qual já havia uma fila formada. A espera passava de duas horas, tempo que o cliente Rondineli Ferreira demorou para chegar até a bomba. “Cheguei às 6h. Tinha vindo ontem [domingo], mas não fiquei na fila e resolvi voltar agora cedo”, disse.

Para acessar o posto próximo à Ceasa, em Uberlândia, os motoristas enfrentaram filas que se estendiam até próximo à Universidade Federal de Uberlândia, pela avenida Segismundo Pereira. O trabalhador autônomo Diego Cardoso passou a noite na fila para ser atendido, entre 23h de domingo e 7h30 de segunda. “Já imaginava que iria ficar na fila durante a noite”, afirmou.

Os estabelecimentos que receberam os combustíveis foram escolhidos pode terem bandeira Petrobras, por terem feito pedidos anteriores ou por manterem convênios com instituições públicas.

DOMINGO

No domingo (27), quatro postos receberam gasolina nos bairros Umuarama, Brasil, Santa Mônica e Saraiva. Também houve filas e o produto durou até o início da tarde. Foi preciso o apoio policial nos quatros pontos da cidade para ajudar na organização das filas e, quando o combustível acabou, houve princípio de confusão em pelo menos dois postos, o que foi contido rapidamente pelos militares.

RECOMENDAÇÃO

A promotoria junto à Procuradoria da República recomendaram ainda durante o fim de semana que os postos que recebessem combustíveis fizessem o atendimento à população em geral e não apenas o poder público. A recomendação ainda pedia que houvesse a limitação de até 30 litros por veículo, o que foi respeitado por todos os 10 postos que receberam remessas até aqui, após o desabastecimento no final da última semana.
 
 
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »