25/05/2018 às 17h14min - Atualizada em 25/05/2018 às 17h14min

​Aeroporto de Uberlândia e mais 11 ficam sem combustível

Cidade ainda não teve nenhum voo cancelado

FOLHAPRESS | SÃO PAULO

O aeroporto de Uberlândia e ao menos outros 11 aeroportos do país estão sem combustível nesta sexta-feira (25) por causa da paralisação de caminhoneiros, iniciada na última segunda (21). Eles continuam abertos, segundo a Infraero, mas só pousam e decolam as aeronaves que já tiverem reserva de querosene.

Mesmo sem combustível, até as 17h desta sexta-feira, nenhum voo havia sido cancelado no aeroporto de Uberlândia. [Acompanhe aqui os status dos voos no aeroporto de Uberlândia]

Outros aeroportos que também estão sem combustível são: Brasília, Carajás (PA), São José dos Campos (SP), Ilhéus (BA), Palmas (TO), Goiânia (GO), Juazeiro do Norte (CE), Maceió (AL), Recife (PE), Joinville (SC) e João Pessoa (ES), todos administrados pela Infraero.

O aeroporto de Brasília afirmou que suas reservas se esgotaram por volta das 8h, após receber apenas dez caminhões de abastecimento desde terça-feira (22), sendo que a média diária é de 20 caminhões. Segundo a concessionária Inframerica, algumas medidas tomadas conseguiram retardar o problema.

Os principais aeroportos de São Paulo continuam com operações normais. O aeroporto de Cumbica, em Guarulhos (Grande SP), afirmou que seu abastecimento acontece também por dutos, o que deve impedir impactos. Já Congonhas (zona sul) disse que pode ter problemas caso a situação persista, mas não informou o quanto ainda pode durar suas reservas.

Em todo país, as companhias aéreas também acumulam voos cancelados devido à falta de combustível. A Latam tem ao menos 30 cancelamentos, número próximo aos 36 cancelados pela Azul. A Gol teve dois cancelamentos e a Avianca outros dois.

RODOVIÁRIA

Além do impacto no aeroporto, passageiros de Uberlândia também têm contratempos na rodoviária da cidade. Até a manhã desta sexta-feira, segundo a administradora do terminal rodoviário, houve cinco cancelamentos de ônibus - sendo que um deles era previsto para amanhã na linha Uberlândia/Catalão/Brasília, feito pela Real Expresso. Os cancelamentos de hoje foram: um ônibus vindo de Belo Horizonte, outros com com sentido a Uberaba/ Ribeirão Preto e outro que seguiria sentido Patrocínio/ Montes Claros. Um ônibus que seguiria hoje para Itumbiara irá apenas até Cachoeira Dourada por causa de bloqueio na rodovia.

Quatro hotéis ouvidos pela reportagem do Diário na manhã de hoje também já informaram que houve cancelamentos de reservas em consequêcia da greve dos caminhoneiros.
 
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »