09/05/2018 às 10h37min - Atualizada em 09/05/2018 às 10h37min

Chefe do Detran com 120 pontos na CNH é exonerado do cargo

VINÍCIUS LEMOS | REPÓRTER
 
O chefe do Departamento de Trânsito de Minas Gerais (Detran-MG), delegado César Augusto Monteiro Alves Júnior, foi exonerado do cargo como publicado no Diário Oficial do Estado de Minas Gerais nesta terça-feira (8). A saída acontece cerca de seis meses depois dele ter assumido, sendo que em janeiro foi informado pela imprensa que César Augusto Monteiro tinha cerca de 120 pontos na carteira de motorista devido a infrações de trânsito. Um novo nome já está definido para a chefia do departamento.

Tanto a publicação da Imprensa Oficial quanto a assessoria de comunicação da Polícia Civil (PC) informam que a exoneração foi a pedido do antigo diretor. Ainda segundo a assessoria, “todas as realocações em seu quadro de pessoal são pautadas em avaliações técnicas administrativas” e nesse momento, César Augusto Monteiro está de férias e quando voltar se apresenta à chefia da PC para que seja definido o novo cargo.

Em reportagem publicada no início deste ano pelo jornal O Globo, o agora ex-chefe do Detran mineiro tinha 44 pontos em sua CNH referentes a infrações cometidas em 2016, 30 em 2017, 30 em 2014 e 16 em 2015. César Augusto foi chefe da 4ª Delegacia Regional da PC na cidade de Araguari. O Diário tentou falar no celular do delegado, mas não conseguiu contato.

A chefia do Detran vai ser ocupada pelo delegado Alessandro Amaro da Matta, que era assistente do Gabinete da Chefia da Polícia Civil.
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »