03/05/2018 às 07h38min - Atualizada em 03/05/2018 às 08h29min

Venda de apartamentos novos tem alta no primeiro trimestre em Uberlândia

Imóveis de até R$ 190 mil representam 93% das negociações realizadas neste ano

MARIELY DALMÔNICA | REPÓRTER
 
Cerca de 1.208 imóveis residenciais verticais foram vendidos no primeiro trimestre deste ano em Uberlândia, segundo pesquisa encomendada pelo Sindicato da Indústria da Construção Civil do Triângulo Mineiro e Alto Paranaíba (Sinduscon-TAP) e realizada pela Brain Bureau de Inteligência Corporativa. Último trimestre de 2017 foram 408 vendas.

Os apartamentos com padrão Econômico, de até R$ 190 mil, são os mais predominantes na cidade, representando 93% das vendas até março deste ano. De acordo com a pesquisa, cerca de R$ 177 milhões foram movimentados no total. O primeiro trimestre contou apenas com quatro lançamentos que ofertam 144 unidades: dois com padrão Econômico e outros dois Standarts, de R$ 190.001 a R$ 400 mil. Em comparação aos três primeiros meses do ano passado houve queda nos lançamentos: foram 13, em 2017.

De acordo com Fábio Tadeu, coordenador da pesquisa, Uberlândia se destacou em todo o país pelas novas ofertas de imóveis no ano passado. “É normal que as construtoras não tenham novos empreendimentos neste primeiro trimestre, afinal, ainda há muitas vendas para fazer de imóveis lançados no ano passado”, afirma.

O presidente do Sinduscon, Pedro Spina, acredita que esses números são essenciais para tomar decisões. “Estou otimista, percebo que o mercado cresceu como um todo, os indicadores econômicos estão muito bons e a geração de emprego aumentou. Esperamos que no segundo semestre o ramo da construção civil tenha uma força maior ainda”.

OFERTA

A oferta final do mercado vertical de Uberlândia é de 5.265 unidades. Os imóveis estão divididos principalmente entre os padrões Econômico (82%) e Standard (12%). Os apartamentos com dois quartos representam 89% do total disponível na cidade e custam em média R$ 3.534m².

O bairro com o maior número de empreendimentos é o Santa Mônica, com 16 edifícios. Já o Jardim Holanda, é o bairro com o maior número de oferta, conta atualmente com seis empreendimentos e 863 unidades a venda.

A região sul da cidade tem a maior oferta concentrada, conta com 39 empreendimentos e 2.055 unidades para serem compradas. Enquanto a região oeste é a região com menor preço por m², com uma média de R$ 2.980.

COMERCIAIS

O mercado em Uberlândia não conta com lançamentos de empreendimentos comerciais neste ano. A oferta final é de apenas cinco unidades, com uma disponibilidade de 3,8%. As unidades que estão disponíveis à venda tem preço médio de R$ 668.350.

Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »