03/04/2018 às 12h36min - Atualizada em 03/04/2018 às 12h36min

Aluna acusa instrutor de estuprá-la durante aula de direção

Jovem conta que abuso aconteceu em autoescola no Jardim Patrícia

VINÍCIUS LEMOS | REPÓRTER

Um instrutor de uma autoescola localizada no bairro Jardim Patrícia, zona oeste de Uberlândia, é acusado por uma jovem de 18 anos de estuprá-la durante uma aula nas dependências do centro de formação de condutores, na segunda-feira (2). O suspeito não foi encontrado pela Polícia Militar (PM). Por não haver flagrante, a Polícia Civil espera a representação da vítima na delegacia especializada da Mulher.

De acordo com o registro policial, o caso aconteceu no início da tarde, durante uma aula no simulador de direção. A vítima afirmou que teve o corpo apalpado pelo suspeito várias vezes, inclusive com toque na genitália da jovem. A porta da sala de simulação foi trancada e o homem teria tentado beijá-la várias vezes. Ela ainda afirmou que não teve reação e que, ao fim da aula, buscou ajuda com a mãe. Aquela seria a primeira aula da vítima com o instrutor.

A PM foi chamada e fez diligências para tentar encontrar o homem, inclusive na casa dele, mas não obteve sucesso. Agora será solicitada a gravação de câmeras do simulador que servirão para ajudar na investigação. O pedido tem que ser feito junto ao DETRAN.

A reportagem do Diário de Uberlândia entrou em contato com a autoescola, que iria se pronunciar por meio de nota, mas até a finalização desta reportagem o e-mail não havia sido respondido.

A delegada da Mulher, Alessandra Rodrigues, informou que o caso já chegou a seu conhecimento e que a vítima tem até seis meses para fazer a representação.
Sobre as imagens do simulador, assim que houver a comunicação oficial, os arquivos poderão ser solicitados pela PC. “Essa pode ser uma prova importante”, afirmou a delegada.
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »