22/03/2018 às 18h37min - Atualizada em 22/03/2018 às 18h37min

PRF vai usar três radares em mesmo trecho de BR

Ação tem como objetivo evitar acidentes na semana que antecede o feriado prolongado

WALACE TORRES | EDITOR
Polícia Rodoviária irá usar equipamentos móveis em sequência para flagrar excesso de velocidade | Foto: Walace Torres

Os motoristas que trafegam pelas rodovias federais que cortam a região têm um motivo a mais para redobrar a atenção e evitar ultrapassar os limites de velocidade. A Polícia Rodoviária Federal (PRF) deu início hoje à Operação Hermes, que consiste no uso de mais de um radar móvel no mesmo trecho de rodovia. Serão utilizados no mínimo três radares em sequência em um mesmo trecho, tendo como prioridade os pontos onde tradicionalmente acontecem os acidentes mais graves.

“A Polícia Rodoviária Federal percebeu que o motorista passa no primeiro radar e a tendência dele é aumentar a velocidade em seguida, imaginando que não tem mais radares à frente”, disse o inspetor Ronaldo Bastos, chefe da fiscalização da Delegacia em Uberlândia. Essa estratégia será utilizada nas três rodovias sob a jurisdição da PRF local – BRs-050, 365 e 153 – e se estende até a próxima quinta-feira (29), quando terá início a Operação Semana Santa.

“O objetivo principal não é fazer multas e sim salvar vidas, evitando o acidente. Por isso, estamos até divulgando previamente para evitar que o motorista exagere na velocidade”, reforça o inspetor.

No entanto, quem não aliviar o pé do acelerador poderá sentir no bolso o peso da irresponsabilidade, além de colocar vidas em risco. “Estaremos trabalhando com no mínimo três radares e se for flagrado nos três, toma três multas”, alerta.

A PRF tem adotado a Operação Hermes sempre às vésperas de um feriado prolongado, como é o caso da Semana Santa – o movimento nas rodovias geralmente aumenta na quinta e segue até domingo.

No último feriadão, no Carnaval, 933 motoristas foram flagrados por excesso de velocidade em imagens de radar captadas entre os dias 9 e 14 de fevereiro nas três rodovias federais fiscalizadas.

A multa por excesso de velocidade varia de R$ 130 (quando a velocidade for superior à máxima em até 20%) a R$ 880 (velocidade for superior à máxima em mais de 50%). Neste último caso, a infração é considerada gravíssima, sendo que o condutor ainda está sujeito à suspensão imediata do direito de dirigir e apreensão do documento de habilitação.

Até quinta-feira, a operação será restrita ao uso de radares e, na Semana Santa, a atuação da PRF será mais completa.
 
MANIFESTAÇÃO
 
Pelo segundo dia consecutivo um grupo de famílias de trabalhadores sem terra fez protestos na BR-153, nos limites do município de Comendador Gomes por causa de uma reintegração de posse numa fazenda nas proximidades. Os manifestantes cobram mais tempo para deixar a área – uma liminar do Tribunal de Justiça de Minas Gerais deu o prazo até o dia 27 de março para a desocupação.

Hoje pela manhã, segundo a Polícia Rodoviária Federal, o protesto se concentrou na área de domínio da rodovia, porém não chegou a interferir no trânsito. Já a manifestação ocorrida na quarta-feira (21) provocou a interdição da rodovia por cerca de uma hora. Além da PRF, a Polícia Militar e a concessionária pela rodovia acompanharam o protesto de hoje.

Segundo o inspetor Ronaldo Bastos, a PRF estará de prontidão para agir preventivamente e evitar manifestações durante o feriado da próxima semana, quando o movimento de veículos aumenta consideravelmente. “A intenção da PRF é que bloqueios não aconteçam no feriado, porque o risco de acidente é muito grande, principalmente no fim de fila”, aponta.
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »