13/03/2018 às 09h45min - Atualizada em 13/03/2018 às 09h45min

Inflação de fevereiro fica em 0,13% em Uberlândia

Apesar da queda geral, no item Alimentação e Bebidas a inflação foi de -0,08% para 0,25%

DA REDAÇÃO
Apesar da queda geral, no item Alimentação e Bebidas a inflação foi de -0,08% para 0,25% | Foto: Mônica Arellano Ongpin

O Índice de Preços ao Consumidor (IPC) fechou fevereiro em 0,13% em Uberlândia. O número é 0,3% menor do que o computado em janeiro e está dentro do que era esperado para o período, segundo o Centro de Pesquisas Econômico-Sociais do Instituto de Economia e da Universidade Federal de Uberlândia (Cepes-UFU), responsável pelo estudo.

O grupo com maior diminuição no último mês, em relação a janeiro, foi o de Artigos de Residência: de -0,40% para -1,49%, com destaque para o item Mobiliário, que foi de 2,9% para -5,05%, e Utensílios e enfeites (de -2,14% para -2,10%).

Em segundo lugar, o grupo de Transportes (de 1,08% para -1,30%), com destaque para os Combustíveis, em constante alteração (de 7,81% para -4,22%).

AUMENTOS

No entanto, houve o aumento de alguns grupos. Em Alimentação e Bebidas, a inflação foi de -0,08% para 0,25%, com destaque para as Hortaliças e Verduras (de -0,85% para 8,08%). De acordo com o economista Álvaro Fonseca, do Cepes-UFU, a produção desses produtos pode ter sido alterada pelo excesso de chuvas no início do ano, que prejudica as plantações e, assim, gera o aumento de preços.

Houve aumento também em outros dois grupos. O de Habitação foi de -0,5% para 2,08%, com destaque para Energia Residencial (de -8,78% para -0,30%). Já no de Vestuário, o aumento foi de -1,35% para 2,72%, com destaque para Roupa Feminina (de -1,54% para 6,88%).

O valor da Cesta Básica teve uma variação de -0,12%. O preço foi de R$ 359,52 em janeiro para R$ 359,08 em fevereiro. Valores de produtos como tomate (-6,90%), batata (-5,71%) e leite (-3,78%) diminuíram, mas a banana (18,40%), a margarina (6,72%) e o pão (2,99%) aumentaram.
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »