07/03/2018 às 05h13min - Atualizada em 07/03/2018 às 05h13min

Exame detecta herpes em 2 macacos mortos

NÚBIA MOTA | REPÓRTER

Está descartada a febre amarela como causa da morte de dois macacos encontrados em fevereiro na praça Tubal Vilela, no Centro de Uberlândia. Segundo o Hospital Veterinário da Universidade Federal de Uberlândia (UFU), os animais, da espécie sagui, morreram contaminados pela herpes. A Prefeitura confirmou ter recebido a comunicação da causa de morte.

Segundo o professor André Quagliatto, da UFU, a herpes, que causa pequenas feridas na boca das pessoas, é fatal para pequenos primatas. Ainda segundo ele, os animais ficam apáticos, param de comer e acabam morrendo. A transmissão do vírus pode ter acontecido pelos alimentos que as pessoas ofereciam aos saguis.

Outros quatro macacos encontrados mortos em Uberlândia foram enviados pelo Centro de Controle de Zoonoses para Belo Horizonte, onde será analisada a causa da morte e se houve infecção com o vírus da febre amarela. A previsão é que o resultado saia em cerca de 30 dias, até o próximo dia 15 de março.
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »