28/02/2018 às 05h48min - Atualizada em 28/02/2018 às 05h48min

Motoristas falam da dificuldade em trafegar pelo Santa Mônica

Rodar pelas ruas do bairro ficou confuso com a alteração de fluxos e pela ausência de indicações dos cruzamentos

VINÍCIUS LEMOS | REPÓRTER
Na Segismundo Pereira conversão à esquerda foi proibida com a construção do corredor | Foto: Vinícius Lemos

Ainda que estejam previstas mudanças no corredor da avenida Segismundo Pereira, a falta de sinalização adequada em seu entorno há tempos traz dificuldades para motoristas que precisam cruzar a via, que é um eixo para o bairro Santa Mônica. Ao mesmo tempo, comerciantes da região esperam melhorias para que o tráfego na avenida flua melhor. Retomadas em janeiro, as obras não concluídas do corredor de ônibus, que são o motivo dos transtornos do bairro, têm previsão de finalização nesta quarta-feira (28).

Não existem levantamentos oficiais sobre uma possível mudança de tráfego para vias paralelas à Segismundo Pereira, mas moradores, motoristas e comerciantes consultados pela reportagem do Diário apontaram que a construção do corredor dificultou o fluxo de veículos. Uma dessas dificuldades foi a alteração de ruas que criavam acesso pela via principal. Quem trafega pela avenida Belarmino Cotta Pacheco, por exemplo, não tem indicações qual rua dá acesso à avenida Ana Godoy de Sousa, via paralela seguinte à Segismundo.

O microempresário Alex Cezário passa frequentemente pelo bairro Santa Mônica e afirmou que é preciso literalmente decorar qual rua poderá trafegar para que saia da região do antigo bairro Jardim Finotti e possa acessar quarteirões próximos ao Parque do Sabiá. “É difícil, pois na Segismundo não há mais como virar à esquerda e a gente tem que procurar em qual lugar cruzar para o outro lado da Segismundo nas avenidas que seguem ao lado dela”, disse.

Moradora do bairro, Angela Pereira, teve o sentido de parte da rua onde mora, Licydio Paes, alterado por conta do corredor que ainda não entrou em atividade e com isso o acesso direto para a Ana Godoy e Dr. Laerte Vieira Gonçalves foi dificultado. Ela disse que já se vira bem, mas que muitos motoristas ficam desorientados e causam acidentes ao rodarem pela Berlarmino Cotta Pacheco. “Por muitos anos os motoristas estavam acostumados com os locais que davam acesso à Segismundo ou cruzavam a avenida. Agora, já que mudou muita coisa, deveriam ter melhorado a sinalização. Não se sabe onde virar. Onde era possível acessar a avenida ou cruzar pode ter se tornado contramão”, disse.

COMÉRCIO

Sabendo que estacionar na avenida Segismundo Pereira não é simples e de olho em um ponto com maior movimento Juliana Carvalho mudou sua loja para a avenida Belarmino Cotta Pacheco nessa semana. “Eu não esperava que (o corredor da Segismundo) fosse atrapalhar tanto. O fluxo da agora passa todo ali na Belarmino”, explicou e reforçou que havia há pouca informação sobre como serão as possíveis mudanças nas vias transversais às avenidas do Santa Mônica.

Ao mesmo tempo, as vendas de carros na loja de usados em que Carlos Roberto Ferreira trabalha só se mantiveram por um incremento nas compras pela internet. O vendedor contou que o movimento no pátio da loja, que fica na avenida Segismundo, vem caindo desde a construção do corredor da avenida. “Cliente não passa mais na avenida. É muito semáforo e o trânsito na Ana Godoy ou na Berlarmino foi facilitado”, disse.

PRAZO

As obras do corredor de ônibus da avenida Segismundo Pereira foram retomadas em janeiro e a empresa responsável tem até esta quarta-feira para entregar tanto a estrutura da via, quanto das estações e do Terminal Novo Mundo em condições de funcionamento pleno. Entretanto, foi possível encontrar tapumes, sujeira e mato em estações. A Secretaria de Trânsito e Transporte (Settran) também pretendia lançar licitação para que fosse refeita parte da sinalização na região do corredor. Ontem, em uma postagem em seu perfil no Facebook, o prefeito Odelmo Leão publicou o a foto de uma reunião com a coordenação da Settran e disse que determinou que a população seja ouvida sobre as mudanças que serão do corredor de ônibus.

SETTRAN

Procurada, a Prefeitura por meio da assessoria informou que a Secretaria de Trânsito e Transportes (Settran) realiza ajustes e as revisões operacionais necessárias para colocar em funcionamento o corredor e terminal Novo Mundo.
 
Ruas que cortam a av. Segismundo Pereira

- Se você trafega pela av. Ana Godoy de Sousa:
R. Maria Dores Dias
R. Antônio Furtunato da Silva
R. Nordau Gonçalves Melo
R. Jorge Martins Pinto
R. José Carrijo
R. Licydio Paes
R. João Balbino
R. Lourdes Carvalho
R. Joaquim Carlos Fonseca
(não cruza, apenas dá acesso aos dois sentidos da avenida)
 
- Se você trafega pela av. Belarmino Cotta Pacheco:
R. Joaquim Carlos Fonseca
(apenas dá acesso aos dois sentidos da avenida)
R. Jerônima Lucas Barros
R. Lourdes Carvalho
R. João Balbino
R. Sebastião Rangel
R. José Lélis França
R. Alberto Alves Cabral
R. Nordau Gonçalves Melo
Av. Prof(a) Juvenília dos Santos
R. Maria Dirce Ribeiro
R. Maria das Dores Dias
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »