22/02/2018 às 18h39min - Atualizada em 22/02/2018 às 18h39min

Lançamento de imóveis em Uberlândia tem alta de 7,9% em 2017

DA REDAÇÃO

O lançamento de imóveis residenciais e comerciais em Uberlândia teve alta de 7,9% em 2017. Segundo dados divulgados nesta semana pelo Bureau de Inteligência Corporativa (Brain), foram 4.074 novos empreendimentos no ano passado, contra 3.775 em 2016. Os números injetam otimismo no setor, que enfrentava quadros de redução após a crise econômica.

As unidades lançadas em 2017 representam 47,7% do total à venda na cidade. Ainda segundo o levantamento, 70,8% dos novos imóveis estão disponíveis para comercialização. Só no mês de dezembro, o mercado de Uberlândia fechou uma oferta total lançada de 16.910 unidades para o mercado residencial vertical, e 117, para o mercado comercial.

Graças aos números registrados, o presidente do Sindicato da Indústria da Construção Civil do Triângulo Mineiro e Alto Paranaíba (Sinduscon-TAP), Pedro Spina, acredita na retomada do setor para este ano. “Estamos otimistas, mas sabemos que o crescimento será gradativo porque em tempos de crise econômica, o consumidor fica mais cauteloso. Mesmo assim, sentimos uma leve recuperação da economia e acreditamos em uma reação maior a partir do segundo semestre de 2018, mesmo porque temos a redução da taxa de juros básicos da economia de 6,75% como fator positivo”, afirma.
 
OFERTA
 
A oferta final do mercado vertical de Uberlândia é de 6.367 unidades, representando uma disponibilidade de 37,7%. Os imóveis estão divididos principalmente entre os padrões Econômico, de até R$ 190 mil (86,5%), e Standard, de R$ 190.001 a R$ 400 mil (9,7%). Não há empreendimentos em oferta no padrão Super Luxo, de ticket acima de R$ 2 milhões.

A maior disponibilidade sobre a oferta encontra-se no padrão Luxo, de R$ 1.000.001 a R$ 2 milhões, em que 41,4% dos imóveis lançados ainda estão disponíveis, enquanto os imóveis do padrão Especial (studios, lofts e um dormitório) possuem apenas 9,7% de oferta disponível.
 
TIPOLOGIA

A tipologia com maior número de oferta lançada e final é a de dois dormitórios, com 5.840 unidades disponíveis atualmente, representando 91,7% do total disponível na cidade. As unidades com dois dormitórios apresentam o menor valor por metro quadrado privativo, média de R$ 3.455.

O preço médio por unidade praticado na cidade ficou em torno de R$ 195.673, com uma queda significativa de cerca de 5,1% em relação ao 3º trimestre. Em comparação com o 1º trimestre, a redução é -3,6%. O preço médio por metro quadrado fechou o último trimestre em R$ 3.819.
 
O bairro com maior número de empreendimentos é o Santa Mônica, com 17. No entanto, o bairro com maior número de oferta final em unidades é o Gávea Sul: são 7 empreendimentos e 1.004 unidades a venda.
 
COMERCIAIS
 
Atualmente, o mercado em Uberlândia permanece sem lançamentos de empreendimentos comerciais. A oferta final de unidades com as construtoras é de apenas duas unidades, com uma disponibilidade de 1,7%. As unidades disponíveis à venda tem preço médio de R$ 256.280.
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »