15/02/2018 às 19h05min - Atualizada em 15/02/2018 às 19h05min

Campanha de negociação da Cemig termina nesta sexta

DA REDAÇÃO
Em Uberlândia, agência da Cemig fica na av. João Pinheiro, 1373 / Foto: Reprodução/Street View

Os consumidores com faturas em atraso e que ainda não procuraram a Cemig têm até esta sexta-feira (16) para entrar em contato com a companhia, ficar em dia e evitar o corte do fornecimento de energia elétrica.

Desde novembro passado, mais de 70 mil clientes regularizaram suas pendências usufruindo de condições diferenciadas, como a isenção de multas e juros no pagamento à vista e opções de parcelamento mais atrativas, em até 24 meses.

Segundo o superintendente de Gestão da Receita da Distribuição da Cemig, Helton Ferreira Diniz, as facilidades proporcionadas durante a campanha consideram o atual momento econômico do país e buscam facilitar ao máximo a regularização da situação do consumidor que está em débito.

“Essa é uma ótima oportunidade para que o cliente negocie sua dívida e evite a suspensão do serviço de energia ou inclusão no cadastro negativo dos órgãos de proteção ao crédito”, afirma Diniz. Até o último balanço divulgado, a companhia já havia negociado cerca de R$ 100 milhões.

A Cemig possui, ainda, um número de telefone exclusivo para negociação e parcelamento das dívidas para os clientes todo o estado: o 0800 721 7003 está disponível das 9h às 21h.

Além do telefone, os clientes em débito podem receber atendimento presencial em uma das agências da Rede Cemig Fácil, se assim preferirem.

“Os parcelamentos poderão ser realizados pelo titular da fatura – mediante a confirmação dos dados cadastrais no contato telefônico ou apresentação do CPF ou RG nas agências de atendimentos – ou representante legal com a devida documentação e procuração para esse fim”, explica Helton Diniz.

Ainda de acordo com o superintendente, as condições de negociação são atrativas e variam de acordo com o número de faturas vencidas. Os clientes poderão obter mais detalhes nos canais de atendimento da companhia.

INADIMPLÊNCIA

A Cemig utiliza diversas formas de comunicação para evitar a inadimplência e a inscrição do titular no serviço de proteção ao crédito. As principais são o envio de e-mail, SMS, carta-cobrança, carta de notificação e o contato telefônico.

De acordo com Helton Diniz, a empresa efetuou cortes no fornecimento de energia em 900 mil unidades consumidoras em 2017, devido à inadimplência e vai   intensificar as ações voltadas à proteção da receita neste ano.

“A empresa programa efetuar o corte do fornecimento de energia em 750 mil unidades consumidoras ao longo do ano, devido à inadimplência. Além disso, as perdas comerciais também serão combatidas: mais de 200 mil inspeções para identificação de fraudes estão programadas”, afirma.
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »