14/02/2018 às 18h23min - Atualizada em 14/02/2018 às 18h23min

UFU inicia ação contra abandono de cães e gatos na universidade

DA REDAÇÃO
Placas foram instaladas pela Prefeitura Universitária em cumprimento a ação / Foto: Marco Cavalcanti

A Universidade Federal de Uberlândia (UFU) começou a implantar medidas para resolver a situação dos animais abandonados em seus campi, em cumprimento ao que foi acordado após ação civil pública ajuizada pelos Ministérios Público Federal (MPF) e Estadual (MPE) em novembro do ano passado.

A Prefeitura Universitária instalou placas na entrada dos campi informando que, conforme a Lei Federal 9.605/98, o abandono de animais é crime e que as dependências da universidade são monitoradas por câmeras de segurança (a instalação do circuito será concluída em março).

No início do semestre letivo, em março, também serão distribuídos à comunidade acadêmica panfletos educativos, informando sobre o risco de alimentar animais em áreas como as de lanchonetes, restaurantes e hospitalares, além de outras orientações.

Segundo a Prefeitura Universitária, atualmente existem 49 cachorros em áreas da UFU: sete no Campus Santa Mônica, 13 no Campus Umuarama, seis no Campus Pontal, oito no Campus Monte Carmelo, dez na Fazenda do Glória e cinco na Fazenda Capim Branco. Também há gatos nas dependências da UFU, mas a quantidade ainda não foi levantada.

Esses animais serão encaminhados para vacinação, vermifugação e castração pelo Hospital Veterinário da UFU, porém, entrarão na lista de espera de atendimentos mensais da instituição. Segundo a ação do MPF, os animais deveriam ser encaminhados para adoção, mas a UFU não tem pessoal especializado para fazer esse tipo de trabalho.

“A expectativa que temos é que, através desta campanha, possamos desenvolver atividades educacionais com relação aos direitos dos animais”, afirma o prefeito universitário, João Jorge Damasceno.
Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »