29/12/2017 às 16h17min - Atualizada em 29/12/2017 às 16h17min

Miguel e Alice lideram registros em Minas

Ranking mostra predileção nacional para nomes de recém-nascidos; em Uberlândia Davi e Enzo também lideram

VINÍCIUS ROMARIO | REPÓRTER
Ranking foi feito pela Associação Nacional dos Registradores de Pessoas Naturais com base nas informações prestadas pelos cartórios mineiros / Foto: GESP/A2img

 

Assim como as tendências da moda mudam, alguns nomes também se destacam e são os mais escolhidos durante certo período. Miguel, por exemplo, foi o mais escolhido pela população mineira em 2017, dando nome a 3.932 recém-nascidos no Estado. Em Uberlândia, segundo o Cartório de Registro Civil, os nomes mais registrados durante o ano foram Davi, Alice, Enzo Miguel e Valentina.

Seguindo o ranking do Estado, logo atrás de Miguel, aparecem Alice, o primeiro nome feminino da lista, com 3 mil registros, e Arthur, com 2.878 registros. Em 2017, além dos três primeiros colocados, a lista dos “10 Mais” conta com Heitor (2.621 registros), Davi (2.400), Bernardo (2.246) e João Miguel (2.243), Valentina (2.106), Helena (2.078) e Gabriel (2.011).

Josiane Silva de Oliveira Soares é mãe do Miguel Ferreira de Oliveira Soares, de dois meses, e conta que escolheu o nome devido ao significado (aquele que se assemelha a Deus) e por ser bíblico. “Pensamos em Gabriel também, mas Miguel sempre foi a primeira opção. Notei que nomes bíblicos têm voltado a serem mais escolhidos”, afirmou Josiane Soares.

Separado por sexo, os dez nomes masculinos mais escolhidos no Estado foram Miguel (3.932), Arthur (2.878), Heitor (2.621), Davi (2.400), Bernardo (2.246), João Miguel (2.243), Gabriel (2.011), Enzo Gabriel (1.732), Lucas (1.416) e Samuel (1.350).

Já entre as mulheres, os dez nomes mais registrados foram Alice (3.000), Valentina (2.106), Helena (2.078), Sophia (1.785), Laura (1.770), Maria Eduarda (1.607), Júlia (1.474), Maria Cecília (1.279), Ana Júlia (1.272) e Maria Clara (1.134).

Valentina foi o nome escolhido para a filha de Camila Mendes da Costa. A mãe diz que o nome da criança, hoje, com um ano de vida, foi escolhido pelo pai. “Existiam outras opções, mas o pai sempre gostou desse e também acho muito bonito, então colocamos.”

O ranking foi feito pela Associação Nacional dos Registradores de Pessoas Naturais (Arpen-BR) com base nas informações dos Cartórios mineiros prestadas à Central Nacional de Informações do Registro Civil (CRC Nacional).

 

NO BRASIL

No Brasil, o ranking dos nomes mais registrados em 2017, elaborado com base nas informações prestadas por todos os Cartórios dos Estados do RS, SC, PR, SP, ES, MG, MS, GO, DF, RO, AC, AP, RR, CE, PE e AL à CRC Nacional, é formado por: Miguel (25.710), Arthur (21.161), Alice (18.508), Davi (15.372), Heitor (13.718), Valentina (13.193), Gabriel (12.636), Helena (12.615), Laura (12.594) e Bernardo (12.529).

No ranking separado por sexo, os 10 nomes masculinos mais escolhidos foram Miguel (25.710), Arthur (21.161), Davi (15.372), Heitor (13.718), Gabriel (12.636), Bernardo (12.529), Lorenzo (11.098), Enzo Gabriel (10.195), Pedro Henrique (9.237) e Pedro (8.830).

Já entre as mulheres, o ranking dos 10 nomes mais registrados foram Alice (18.508), Valentina (13.193), Helena (12.615), Laura (12.594), Sophia (12.449), Maria Eduarda (9.922), Lorena (9.202), Júlia (9.122), Heloísa (8.639) e Lívia (8.019).

 

VARIAÇÕES

O estudo possibilitou identificar ainda um ranking nacional considerando apenas o primeiro nome, as variações dos nomes mais comuns, além dos nomes menos comuns ou que caíram em desuso nos últimos anos. Considerando-se apenas o primeiro nome dos registros, o ranking muda completamente de patamar.

Nesta situação Maria passa a ser o nome mais registrado, com 80.192 registros de nascimento, seguido por João (44.450), Ana (41.500), Davi (36.723), Arthur (34.831), Alice (24.420), Pedro (28.327), Enzo (24.923), Sophia (19.775) e Heitor (18.483).

O nome Maria possui 885 variações de registros, sendo Maria Eduarda o mais comum, com 9.922. Na sequencia estão Maria Clara (7.768), Maria Luiza (6.183) e Maria Julia (5.655). Dos 80.192 registros de nomes com Maria, 73.775 são nomes compostos. Já Ana, possui 270 variações de nomes registrados, com destaque para Ana Julia (6.551), Ana Clara (5.885) e Ana Luíza (3.641). Dos 41.500 registros com o nome Ana, 38.653 dão origem a nomes compostos.

Entre os homens, João possui 154 variações de nomes registrados, com destaque para João Miguel (10.343), João Pedro (6.303) e João Lucas (4.830). Das 44.450 crianças registradas com o primeiro nome João, 40.896 ficaram com nomes compostos. Já Pedro possui 232 variações de nomes, com destaque para Pedro Henrique (9.237), Pedro Miguel (1.741) e Pedro Lucas (1.585). Dos 28.327 “Pedros” registrados, 19.433 ficaram com nomes compostos.

Nomes considerados “da moda” também aparecem na lista, como Enzo, que tem duas formas predominantes: Enzo Gabriel (10.195 registros) e apenas Enzo (8.196). Em número maior registram-se as variações de Davi, sendo David Lucas o mais comum, com 4.485 registros, seguido por Davi Lucca, David, David Miguel e Davi Henrique.

Evellyn Carmo Lúcio Fernandes conta que não conhecia ninguém com o nome escolhido para o filho, Henzo Lúcio Simão Fernandes, mesmo sendo um dos nomes mais escolhidos atualmente. “Na verdade eu não tinha ideia de qual nome colocar, até o 8º mês. Um dia, vendo uma novela, tinha um médico que se chamava Henzo, amei e decidi colocar. Logo após apareceram muitos bebês com o mesmo nome, inclusive, amigas minhas colocaram.”

 

10 MAIS NOMES MAIS FREQUENTES – GERAL - MG

Miguel (3932)

Alice (3000)

Arthur (2878)

Heitor (2621)

Davi (2400)

Bernardo (2246)

João Miguel (2243)

Valentina (2106)

Helena (2078)

Gabriel (2011)

 

Nomes mais escolhidos em Uberlândia

Davi

Alice

Enzo Miguel

Valentina


Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »