18/12/2017 às 18h11min - Atualizada em 18/12/2017 às 18h11min

Município assina acordo de cooperação com Sebrae

Entidade dará auxílio a projetos de fomento ao negócio em Uberlândia

DA REDAÇÃO
Convênio prevê apoio a sete projetos já desenvolvidos, além de outros dois que serão anunciados no ano que vem / Foto: Valter de Paula/Secom/PMU

 

A Prefeitura de Uberlândia e o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas de Minas Gerais (Sebrae-MG) assinaram ontem um acordo de cooperação técnica para o fomento de negócios no Município. O convênio prevê apoio a sete projetos já desenvolvidos pela Administração Pública, além de outros dois que serão anunciados no ano que vem.

A atuação em parceria surge para aprimorar o trabalho desenvolvido no Município, acrescentando a expertise do Sebrae para a implementação de diagnósticos, consultoria, descentralização de processos, investimentos e desenvolvimento de ações.

“É uma iniciativa que veio somar esforços e promover o desenvolvimento econômico local, por meio do estímulo ao empreendedorismo e profissionalização dos pequenos negócios. Uma forma de ampliar, contribuir e aprimorar o que já oferecido à população”, afirmou o prefeito Odelmo Leão.

No país atualmente, 99,2% das empresas são de micro e pequeno porte. Em Minas Gerais existem mais de 800 mil microempreedores individuais (MEIs), sendo que 10% deste valor está concentrado no Triângulo Mineiro. Já Uberlândia é responsável por mais de 40 mil MEIs, ou seja, metade do existente na região. Isso é o que explicou o gerente regional do Sebrae, William de Brito.

“Uberlândia é a locomotiva do desenvolvimento econômico da região. Firmar esse compromisso é uma forma de fortalecer essas intenções e fazer com que a cidade possa ser modelo e inspiração de maneira que os interesses das micro e pequenas empresas no país sejam garantidos”, disse.

 

TRABALHO MULTIDISCIPLINAR

Atualmente, nove projetos compõem a pauta do acordo. Desse total, sete estão em andamento e, inclusive, já foram lançados publicamente. Outros dois devem ser apresentados no próximo ano. Seis projetos estão ligados à área de Investimentos, dois são relacionados à Inovação e um envolve o setor Turístico e Agropecuário.

“O ano foi de muita dedicação de todas as partes para podermos formalizar os projetos e consolidar as ações. Vivemos uma realidade que a cada momento estamos vendo acontecer e temos de preparar nossa cidade. Nós temos que manter nossas crenças e valores, mas temos que enxergar a velocidade das mudanças”, observou o secretário municipal de Desenvolvimento Econômico, Inovação e Turismo, Dilson Dalpiaz.

Dentre as iniciativas contempladas estão o Programa Aprender a Fazer, que promove a capacitação de professores, diretores, pedagogos, coordenadores e inspetores das escolas municipais para que ofereçam conteúdos em sala de aula relativos a empreendedorismo, educação cooperativista e educação financeira, e o projeto de Internacionalização de Uberlândia.


Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »