27/11/2017 às 18h23min - Atualizada em 27/11/2017 às 18h23min

Convênio vai viabilizar asfalto em campus da UFU

Obra vai custar R$ 1,15 milhão e será bancada por Prefeitura e Minas

DA REDAÇÃO
Reitor da UFU, Valder Steffen, durante cerimônia que firmou convênio entre Prefeitura e governo de Minas / Foto: Milton Santos

 

A Prefeitura de Monte Carmelo e o governo de Minas Gerais assinaram, na última sexta-feira, um convênio para viabilizar a pavimentação asfáltica do acesso ao Campus da Universidade Federal de Uberlândia (UFU) na cidade. A obra vai custar R$ 1,15 milhão, sendo que R$ 800 mil sairão dos cofres do governo estadual e o restante ficará por conta da Prefeitura.

"A obra terá extensão de 1.080 metros na rodovia LMG-746, 320 metros de pista dupla no acesso à UFU, faixa de domínio de 50 metros, além de um trevo alongado de 440 metros, dispositivo importante para a segurança viária", disse o secretário municipal de Infraestrutura e Serviços Urbanos de Monte Carmelo, José Humberto da Cunha.

Ainda conforme o secretário, o próximo passo para o projeto é a realização de uma licitação, que deve durar de 45 a 60 dias. "Nossa expectativa é de que esta fase ocorra justamente durante o período chuvoso e possamos iniciar a obra já na estiagem. A execução do asfaltamento deve durar aproximadamente quatro meses", revelou.

Assessor da Reitoria no Campus Araras, o professor Bruno Sérgio Vieira entende que a chegada do asfalto vai trazer mais dignidade aos frequentadores do local e, inclusive, tranquilizar pais de alunos. "A qualidade do nosso ensino é reconhecida pelo Ministério da Educação, com cursos conceituados com notas 4 e 5, porém, o nosso dia a dia não é fácil. Temos conhecimento da preocupação de muitas pessoas com o fato de seus filhos terem que estudar no meio do cafezal. Esperamos por este asfalto desde 2011 e ele é mais uma grande vitória que estamos conseguindo neste momento difícil, em meio a um cenário com o governo federal promovendo cortes nos investimentos na Educação", comemorou.

Vieira informou, ainda, que o projeto do Mestrado em Agricultura e Informações Geoespaciais está em fase de criação e já foi submetido à aprovação do MEC.

O reitor Valder Steffen destacou o protagonismo da UFU como vetor de desenvolvimento regional. A universidade reúne atualmente 25 mil alunos de graduação, 6.400 pós-graduandos e mais de 5 mil estudantes matriculados nos cursos de educação a distância (EaD). "Aqui na unidade de Monte Carmelo já foram investidos R$ 36 milhões apenas em obras civis, mas é importante destacar que o nosso maior patrimônio não são os prédios e equipamentos, e sim os técnicos-administrativos, docentes e estudantes que ajudam a construir um país melhor". 


Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »