18/11/2017 às 14h10min - Atualizada em 18/11/2017 às 14h10min

ONGs terão de prestar contas pela internet

VINÍCIUS ROMARIO | REPÓRTER

As prestações de contas das ONGs junto ao Município passarão a ser feitas por meio de um programa online ligado ao Portal da Transparência. A plataforma foi apresentada ontem aos representantes das entidades, em reunião no Centro Administrativo, e deverá começar a funcionar em fevereiro de 2018. Atualmente, 153 ONGs recebem subvenção da Prefeitura de Uberlândia.

O programa foi desenvolvido pela da Empresa de Processamento de Dados de Uberlândia (Prodaub) a partir da lei federal que estabeleceu o Marco Regulatório das Organizações da Sociedade Civil (MROSC). Nele, tanto os repasses feitos pelo Município, quanto às receitas e gastos das entidades deverão ser registrados digitalmente. O processo atual é feito manualmente.

Por se tratar de um sistema novo, servidores e profissionais das ONGs passarão por treinamentos para manusear o programa. Os treinamentos começam na terça-feira (21) e vão até 8 de dezembro.

“Não muda nada no modo de operação. Essa novidade é voltada para dar mais transparência para a sociedade sobre os repasses e gastos dos dois lados. O sistema também trará uma organização maior para a documentação das entidades”, afirmou o diretor presidente da Prodaub, Reginaldo Mendes.

O presidente da Associação das Pessoas Portadoras de Deficiência Física de Uberlândia (Adef), Simário Batista, afirma que a novidade pode trazer um pouco de confusão no início, mas acredita que haverá melhoria depois dos treinamentos. “Como tudo o que é novo, sempre há dúvida, mas, em relação à transparência, será ótimo para a gente e para a sociedade”, disse Batista.

Já o coordenador da Comunidade Vida Nova, José Neide do Nascimento, disse que achou o programa simples e isso trará facilidade na hora de prestar contas. “A informatização está presente em tudo e será um bom caminho para a gente mostrar mais transparência”, ressaltou Nascimento.

Tags »
Notícias Relacionadas »
Comentários »